quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

CSA precisa sacudir a poeira


O CSA não pode ficar esperando a banda passar. No próximo dia 4, o clube estreia na Copa do Brasil, contra o Serra, no Espírito Santo, e precisa estar estruturado até lá. Sete atletas foram dispensados na última segunda-feira e, até agora, ninguém foi contratado. Os novos dirigentes precisam traçar estratégias de guerra para buscar a recuperação. A primeira delas tem que ser a definição do nome do novo treinador.

Um comentário:

Cláudio disse...

O CSA não pode ficar parado mesmo. A diretoria errou no planejamento e tem que bater na mesa e arrumar o time.