sábado, 7 de março de 2009

O CRB, os erros e a tempestade


A diretoria do CRB admitiu que o clube correu riscos ao relacionar o lateral Miguel e o atacante Thiago Silva no amistoso da última quinta-feira, contra o CSE. Os atletas não tinham assinado contrato e, se tivessem sofrido uma lesão, o Galo poderia receber uma severa punição da Justiça do Trabalho. Os jogadores, aliás, não foram contratados e já estão até liberados dos testes na Pajuçara.
O Galo vive um momento de turbulência. A atual diretoria demonstra seriedade, mas, sem recursos, fica muito difícil tocar o barco regatiano. Esse período de testes iniciado pelo técnico Júlio Espinoza dificilmente vai dar resultado. Um trabalho como este precisa ser feito com tempo e sem cobranças. O que não é o caso do CRB. A Série C se aproxima em compasso de abordagem e o clube não demonstra poder de reação. Os torcedores estão até perdendo a motivação para acompanhar os jogos e o desânimo fez acampamento no Estádio Severiano Gomes Filho. Apenas a união das forças alvirrubras pode mudar o rumo dessa tempestade.

Nenhum comentário: