sábado, 18 de abril de 2009

Análise do Mineiro 2009


O Campeonato Mineiro está chegando em sua reta final e não deve reservar surpresas aos torcedores. Em condições normais de pressão e temperatura, Atlético-MG e Cruzeiro vão fazer a grande decisão do Estadual. Apesar de Rio Branco e Ituiutaba terem valorizado as vitórias de Galo e Raposa na primeira partida das semifinais, eles devem ser apenas coadjuvantes da peça. O palco está armando mesmo para o reencontro dos velhos rivais nos dois jogos decisivos.

Semifinais - Hoje, o Atlético-MG recebe o Rio Branco, às 16h, no Mineirão. O Galo venceu o primeiro jogo por 2 x 0 e pode perder neste sábado por dois gols de diferença. Amanhã, o Cruzeiro duela com o Ituiutaba, às 16h, também no Mineirão, e passa de fazer até se for derrotado por três gols.



Crédito da foto: Agência Estado

Atlético x Rio Branco

O Galo não terá hoje o lateral-esquedo Júnior, o volante Márcio Araújo e o meia Lopes, suspensos. Thiago Feltri, Rafael Miranda e Chiquinho devem ser os substitutos.

Artilheiros - O goleador do Campeonato Mineiro é Diego Tardelli, do Atlético, com 15 gols. Na vice-liderança aparece Kléber, do Cruzeiro, com 11. Como o artilheiro da Raposa deve ser poupado amanhã, o caminho está livre para Tardelli disparar nesta disputa.

Atlético - Juninho; Werley (Marcos Rocha), Marcos, Leandro Almeida e Thiago Feltri; Rafael Miranda, Renan, Carlos Alberto e Chiquinho; Éder Luís e Diego Tardelli.

Rio Branco - Glaysson; Rômulo, André Alves, Anderson Carvalho e Márcio Loyola; Tiago Costa, Fábio Gomes, Dudu Araxá e Márcio Guerreiro; Márcio Diogo e Anderson Antunes.

Com TV - A Globo Minas transmite hoje o jogo do Galo, e amanhã a partida da Raposa, ao vivo, a partir das 16h.




Crédito da foto: Washington Alves/Vippcom

Cruzeiro x Ituiutaba


O técnico da Raposa, Adilson Batista, deve poupar quatro de seus principais jogadores na partida de amanhã. Jonathan, Marquinhos Paraná, Ramires e Kléber devem ser guardados para os duelos da Libertadores e da provável decisão do Mineiro. Empáfia de Adílson? Não, nobre leitor, realismo. Vai ser bem difícil o Cruzeiro perder de três no Mineirão.

Força -
Dos clubes de menor investimento deste Mineiro, o Ituiutaba é o mais competitivo. O problema é que o adversário na semifinal tem um time muito superior e também impõe respeito pela força de sua camisa.

Cruzeiro - Fábio; Jancarlos, Leonardo Silva, Anderson e Gérson Magrão; Fabrício, Henrique, Elicarlos e Wagner; Wanderley e Soares.

Ituiutaba -
Jonatas, Mateus, Bruno, Neylor, Radar (Carlinhos); Machado, Kiko, Raphael, Marquinhos; Rodrigo Hote e Lucio Flavio (Paulinho).

2 comentários:

Mada disse...

Com certeza, este ano ninguém tira o título do Atlético, que levantará a taça de Campeão Mineiro.

Betão disse...

Mada... ainda bem que temos um blogger em que possamos (educadamente) comentar, antes do resultado, a realidade no futebol mineiro. Tenha certeza de que o Atlético, não vai conseguir levantar este caneco na "pressão" ou no calor da final. Aliás, como dito na reportagem, nenhuma novidade para a grande final, com os dois melhores de minas... Cruzeiro e Atlético. Se o Atlético ganhar o sertame, vai esconder os seus problemas de administrações anteriores, que são graves, ainda não resolvidos. Portanto, não fique triste... o título é nosso e vocês poderão mais uma vez discutir suas mazelas e administrações inconsequentes. E o campeonato mineiro, mais uma vez, sendo jogado apenas para dois times. O papa-títulos Azul e branco vai levantar a Taça mais uma vez.