quinta-feira, 23 de abril de 2009

Uma noite mágica para o CSA

O torcedor do CSA viu o caos se transformar em euforia em apenas 90 minutos. O time entrou em campo ontem contra o poderoso Santos, na famosa Vila Belmiro, carregando o peso da má campanha no Estadual. O risco de rebaixamento até tirou o foco da partida decisiva pela Copa do Brasil.
Mas a raça destruiu a desconfiança e os jogadores honraram a tradicional camisa azul e branca. O CSA superou todas as dificuldades e tirou da competição nacional um dos finalistas do Paulistão. Um feito!
Houve menosprezo? Talvez. O adversário não tomou os devidos cuidados nesta quarta e acabou sendo eliminado diante de sua incrédula plateia. Por isso, a luta, a coragem e a frieza dos jogadores marujos devem ser enaltecidas. Destaque absoluto para o goleiro Jéferson, que construiu nesta quarta uma muralha entre as suas traves e parou o forte ataque do Santos. Até os regatianos mais fanáticos se renderam ontem ao talento do arqueiro.
A defesa também soube conter os avanços da linha de frente alvinegra e, no ataque, Júnior Amorim (foto) fez brilhar sua estrela solitária. Isolado, ele aproveitou, sem afobação, umas das poucas oportunidades de gol do CSA. Aos 7 minutos da primeira etapa, Fábio Lopes descobriu Amorim entre os zagueiros do Santos e o acionou: o atacante entrou na área em diagonal, se livrou do goleiro Fábio Costa e chutou rasteiro para o gol em chamas.
Também merecem destaque o zagueiro Fábio Lima, o meio-campista Magno e atacante Fábio Lopes, que foram destemidos nos dois confrontos contra o Peixe e desempenharam papéis fundamentais para o desfecho deste espetáculo.
Os riscos apresentados pelo Campeonato Estadual perderam o sentido nas últimas horas. Por enquanto, a fantasia é mais forte que a difícil realidade dos jogos que se seguem contra Murici e CRB. Cansados de guerra, os azulinos podem voltar a sonhar com as glórias. Elas, às vezes, procuram caminhos distintos, mas, quando aperta a dor da saudade, sabem que vão sempre encontrar um abrigo seguro no velho Estádio do Mutange.


Crédito das fotos: Ricardo Nogueira/Folha Imagem


Coritiba -
Na próxima fase da Copa do Brasil, o CSA vai pegar o Coritiba. O primeiro confronto está marcado para o dia 29 e amanhã a CBF vai definir por sorteio o local da partida. Por isso, o clássico entre CSA e CRB, marcado para o dia 30, deve mudar de data.

Pesquisa - Na pesquisa feita pelo blog sobre quem se classificaria no duelo entre Santos e CSA, 47 bravos leitores apostaram no Azulão. Outros 71 achavam que o Peixe se daria melhor.

Baixa - Expulso no jogo de ontem, o atacante Júnior Amorim está fora da próxima partida do CSA pela Copa do Brasil.

Que estreia! - O técnico Gilmar Batista estava eufórico após a partida de ontem. Afinal, não é qualquer treinador que estreia com uma vitória contra o Santos, em plena Vila Belmiro.

Ficha técnica

Santos - Fábio Costa; Luizinho, Astorga, Fabiano Eller e Triguinho; Pará, Germano, Lúcio Flávio (Kléber Pereira) e Madson; Neymar e Roni (Paulo Henrique Lima). Técnico: Vágner Mancini.

CSA - Jéferson (foto); Juninho Caiçara, Carlos Diogo, Fábio Lima e Marciano (Leandro); Anderson, Jean, Magno e Camilo (Ricardo Miranda); Júnior Amorim e Fábio Lopes (Fagner). Técnico: Gilmar Batista.

Estádio: Vila Belmiro. Público: 8.471 pagantes. Renda: R$49.339,00. Árbitro: Maurício Aparecido de Siqueira (MT). Auxiliares: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Luiz Fernando da Silva (MT).

6 comentários:

Jane Mourão disse...

Pela primeira vez, depois de muitos anos, consegui ver um bom espetáculo em campo. E o show foi proporcionado pelos atletas do CSA que arrasaram o Santos, mesmo não sendo os franco-favoritos. Venceu a garra, a criatividade e o futebol arte, mesmo contra o juiz que, não economizou cartões para a equipe do CSA. Mesmo contra os comentaristas, nitidamente paulistas, que se preocuparam em apontar falhas do Santos e não o bom futebo da equipe de Alagoas. Enfim, David venceu o gigante Golias. Parabéns ao CSA. E que fique aqui registrado que sou torcedora do Santos. É preciso ser justo. Justiça foi a vitória do CSA. De novo, Parabéns.

Mada disse...

Parabéns Victor, pela excelente cobertura. Valeu CSA.

Maria das Graças disse...

Parabéns CSA. Sou mineira, mas acreditei e, na enquete votei em sua vitória contra o Santos. A equipe não decepcionou.

Zé Peixoto disse...

Azulão calou boca dos Paulistas!!!! CSAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Zé Peixoto disse...

Azulão calou boca dos Paulistas!!!! CSAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Anônimo disse...

Minhas cores são Preto e branco, do Atlético Mineiro. Pela primeira vez torci pelo azul e branco, não do Cruzeiro, do CSA.