sexta-feira, 15 de maio de 2009

Cruzeiro já pensa no São Paulo


O Cruzeiro não teve uma atuação brilhante, mas cumpriu o seu papel nesta quinta-feira no Mineirão e bateu o Universidad por 1 x 0, gol do artilheiro Kléber aos 28 minutos do segundo tempo. Agora, a brincadeira ganha seriedade nas quartas-de-final da Libertadores. A Raposa encara o São Paulo no segundo duelo brasileiro nesta edição da competição nacional. Como o Tricolor fez uma melhor campanha na fase de classificação, o primeiro jogo do mata-mata, ainda sem data definida, vai ser disputado no Mineirão.

Marca - O Cruzeiro não perde no Mineirão há 24 partidas. A última derrota foi registrada no dia 14 de setembro do ano passado, quando o time caiu diante do Palmeiras, por 1 x 0.
“É muito importante para ficar na história. Quanto mais tempo a gente manter essa invencibilidade dentro de casa, vai ficar na história dos jogadores, do clube. Isso é muito bacana. Um dia todo mundo vai lembrar que aquele time do Cruzeiro de 2008-2009 manteve uma regularidade muito grande dentro de casa. A gente fica muito feliz e espera dar continuidade e não perder em casa”, afirmou Kléber, em entrevista ao site oficial do Cruzeiro.

Cruzeiro - Fábio; Jonathan (Jancarlos), Léo Fortunato, Leonardo Silva e Gerson Magrão (Elicarlos); Henrique, Marquinhos Paraná, Ramires e Wagner (Athirson); Thiago Ribeiro e Kléber. Técnico: Adilson Batista.

Universidad de Chile - Miguel Pinto; Osvaldo González, Juan González, José Rojas e José Contreras; Marcelo Díaz (Felipe Seymour), Manuel Iturra, Marco Estrada e Sebastián Pardo (Nelson Cuevas); Emilio Hernández e Juan Manuel Olivera (Manuel Villalobos). Técnico: Sérgio Markarián.



Boca - O bicho-papão da Libertadores empatou nesta quinta-feira no primeiro jogo das oitavas-de-final contra o Defensor, no Uruguai, por 2 x 2. O jogo de volta vai ser realizado na Argentina e o Boca Juniores tem tudo para se classificar e pegar o Estudiantes, que eliminou nesta quinta o Libertad com um empate por 0 x 0, no Paraguai.

Caminhos cruzados - O vencedor do duelo entre Cruzeiro e São Paulo pega nas semifinais Grêmio ou Caracas. No outro lado da chave, quem vencer o confronto entre Palmeiras e Nacional-URU vai encarar Boca, Defensor ou Estudiantes.

Nenhum comentário: