quinta-feira, 21 de maio de 2009

Inter, Corinthians, Vasco e Coritiba avançam


Crédito da foto: Lucas Uebel/VIPCOMM

Não houve surpresas nas quartas-de-final da Copa do Brasil. Quem tinha vantagens, soube administrá-las e passou de fase. Em Porto Alegre, num jogo muito disputado, o Inter bateu ontem o Flamengo por 2 x 1 e se classificou. O segundo gol do Colorado foi marcado pelo meia Andrezinho, de falta, aos 44 minutos do segundo tempo.
No Rio, o Corinthians arrancou um empate por 2 x 2 com o Fluminense e, como havia vencido o primeiro jogo por 1 x 0, chegou às semifinais. Em Salvador, o Vasco administrou a grande vantagem que tinha - goleou o Vitória por 4 x 0 na primeira partida -, empatou por 1 x 1 e também garantiu a vaga.

Confrontos - Nas semifinais, o Inter pega o Coritiba e o Corinthians encara o Vasco. Pelo futebol apresentado pelos quatro times este ano, o Colorado e o Timão podem ser considerados favoritos.

O preço - A dupla Fla-Flu fez duelos equilibrados contra os fortes Inter e Corinthians, mas pagou o preço de não ter um elenco homogêneo. Ao Fla, faltou poder ofensivo para concluir as muitas oportunidades que criou; ao Flu, faltou laterais e volantes que dessem proteção à defesa e ajudassem o time a sair para o jogo.

O erro - A semana começou e terminou mal para o lateral Juan, do Flamengo. Segunda, ele se desentendeu com o técnico Cuca e por pouco não foi barrado para a partida de ontem. Nesta quarta, o lateral deu uma de Toninho Cerezzo na Copa de 82, atrasou uma bola sem olhar e deixou Nilmar na cara do gol. O atacante trabalhou bem a jogada e serviu a Taison, que fez o primeiro gol do Colorado.

Dorival Júnior - O técnico do Vasco está de parabéns. Ele montou todo o elenco cruzmaltino nesta temporada e conseguiu equilibrar o time, que tem entrosamento e padrão de jogo. O trabalho pode não ser coroado na Copa do Brasil, mas, certamente, vai fazer o clube carioca voltar à Série A sem muitas dificuldades.

Patinho feio - O time mais fraco das semifinais da Copa do Brasil é o Coritiba. Para piorar, o time joga em função do meia Marcelinho Paraíba e acabou perdendo o jogador para o primeiro confronto com o Inter. O meia está suspenso e o técnico René Simões já tenta achar um substituto.



Show nas arquibancadas- O Fluminense não se classificou, mas sua torcida deu show nas arquibancadas do Maracanã. Um belíssimo mosaico com as cores do clube foi feito no estádio e emocionou os tricolores de todo o País. Nesta quarta, 68.158 pessoas assistiram à partida.

Um comentário:

Anônimo disse...

E lá se foram.... Flamengo e Fluminense.