sábado, 25 de julho de 2009

Acidente de Massa abala a Fórmula 1



A Fórmula 1 viveu nesta manhã momentos de muita tensão após o acidente envolvendo o brasileiro Felipe Massa. Uma peça se desprendeu do carro de Barrichello e acertou a cabeça do piloto da Ferrari, que perdeu os sentidos e foi parar na proteção de pneus. A presença do helicóptero no atendimento lembrou as piores tragédias da categoria, mas, felizmente, as notícias de Budapeste são animadoras. Massa se submeteu a uma cirurgia para retirar um fragmento ósseo do rosto, mas passa bem e não deve ter sequelas. Obviamente, pela gravidade do acidente, ele não vai correr amanhã e pode ficar longe das pistas por até seis semanas.



A prova - O GP da Hungria é o mais chato do Mundial de Fórmula 1. As chances de ultrapassagem são mínimas e, normalmente, quem larga na frente consegue a vitória. Por isso, a pole de Fernando Alonso foi muito importante para a Renault. Atrás do espanhol aparecem as RBR de Sebatian Vettel e Mark Webber, que têm os carros mais acertados que os da Brawn e, a cada prova, estão tirando a diferença em relação ao líder Jenson Button. Button, aliás, não fez um bom treino e vai lagar apenas em oitavo, cinco posições à frente de seu companheiro Rubens Barrichello, que mais uma vez teve problemas no carro.

Diferença - Button lidera o Mundial de Pilotos com 61 pontos e Vettel está em segundo, com 47. Webber vem em terceiro, com 45,5, e Barrichello tem 44.

Calendário


Hungria - Amanhã, 9h

Europa – 23 de agosto, 9h

Bélgica – 30 de agosto, 9h

Itália – 13 de setembro, 9h

Cingapura – 27 de setembro, 9h

Japão – 4 de outubro, 2h

Brasil – 18 de outubro, 14h

Abu Dhabi – 1º de novembro, 9h

Um comentário:

Anônimo disse...

A gente fica triste com o acidente de Felipe Massa. torcemos para que ele se recupere logo.