terça-feira, 18 de agosto de 2009

Campanha do ASA na Série C

A campanha do ASA na Série C do Brasileiro até agora é empolgante. Em dez jogos disputados, o Alvinegro venceu cinco, perdeu dois e empatou três, marcando 16 gols e sofrendo 10, saldo de 6. Jogando no Estádio Coaracy da Matta Fonseca, em Arapiraca, o time ainda não foi batido.
O começo da trajetória rumo à Série B foi marcado por uma vitória sobre o CRB no dia 7 de junho, por 1 x 0, no Estádio Rei Pelé, gol de Nena. O resultado animou o campeão alagoano que, na sequência, bateu o Salgueiro por 3 x 0 no dia 14 de junho, gols de Fábio Lopes, Nena e Henrique (contra), em Arapiraca.
Jogando no interior do Ceará contra o Icasa, o Alvinegro arrancou um empate por 0 x 0 no dia 20 e, ainda em junho, goleou o Confiança por 5 x 2, gols de Nena (dois), Ivo, Didira e Renatinho. Os resultados das primeiras rodadas deixaram a massa alvinegra empolgada, mas, experiente, o técnico Vica tentou conter a euforia. “O campeonato ainda é longo, e não podemos antecipar as comemorações. Temos que manter o ritmo e ter os pés no chão”, alertou.
No dia 5 de julho, o ASA manteve a boa forma e derrotou a forte equipe do Icasa, em Arapiraca, por 2 x 1, com dois gols de Nena, mas, nos dia 12 e 19, o time perdeu terreno e caiu diante de Salgueiro e Confiança, fora de casa, por 1 x 0 e 2 x 0, respectivamente.
A recuperação na fase de classificação veio no dia 29 de julho, contra o rival CRB. Jogando em Arapiraca, o Alvinegro saiu perdendo, gol marcado por Luciano Bebê, mas teve forças para virar o jogo, com Fábio Lopes e Paulo Foiani, e garantiu a vaga no mata-mata decisivo.

Rio Branco - No primeiro jogo do duelo com o Rio Branco, o ASA perdeu três atletas importantes. Suspensos, os meio-campistas Ivo, Jota e Paulo Foiani não enfrentaram o Estrelão no Coaracy e fizeram muita falta. Pressionado, o time de Vica não conseguiu fazer seu jogo fluir e ficou no empate por 1 x 1. O único gol alvinegro foi marcado de pênalti pelo artilheiro Nena.
O resultado deixou a torcida preocupada, mas a confiança na classificação à Segundona continuava vestindo a camisa alvinegra. Domingo, com o empate por 2 x 2, o ASA garantiu a vaga na famosa Série B e consagrou os heróis Edson Veneno, que abriu o placar, e o atacante Nena, que marcou o segundo.

Nenhum comentário: