quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Fla-Flu da Sul-Americana termina empatado

Um Fla-Flu descolorido foi disputado ontem no Maracanã, pela Copa Sul-Americana. Preocupado com o risco de rebaixamento no Brasileiro, o Tricolor colocou o time reserva para resolver a parada. Muito desfalcado, o Rubro-Negro entrou em campo com o time misto. O resultado foi um 0 x 0 frio. No primeiro tempo, o Fla atacou mais, acertou duas bolas na trave de Rafael e chegou mais perto do gol. Na etapa final, o Flu acertou a marcação, tirou os espaços do adversário e segurou o resultado. No dia 26, a dupla se reencontra para decidir a vaga na próxima fase. Renato, do Flu, já avisou que vai continuar prestigiando os reservas. Andrade, do Fla, promete colocar a força máxima no duelo decisivo. Se empatar com gols, já que ontem foi o mandante, o Fluminense passa de fase.

Destaques - Do lado tricolor, gostei do volante Fábio Santos. Os comentaristas da Globo colocaram pilha, disseram que ele é violento, mas o que vi em campo foi um jogador com espírito de competição sul-americana. Jogadores de Boca, Estudiantes e Colo Colo entram em campo com a faca nos dentes, como Fábio atuou ontem, e são fundamentais para seus times. Não podemos fazer do futebol um encontro de monges budistas.
Também gostei da movimentação do atacante Emerson, do Fla. Em forma, ele infernizou o lado direito da defesa tricolor, deu elástico, ganhou divididas e levou o time nas costas. Só pecou nas finalizações. Ontem, surgiu a informação na Gávea que o Sheik pode ainda deixar o clube, já que os árabes prometem aumentar a proposta para contratá-lo. Se sair, o atacante fará muita falta ao time rubro-negro.

Crédito da foto: Photocamera

Nenhum comentário: