quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Marcos rouba a cena no Mineirão


O goleiro Marcos foi o nome do jogo entre Atlético-MG e Palmeiras. Dois dos times de melhor desempenho no Brasileiro, eles se encontraram ontem no Mineirão e a partida terminou empatada por 1 x 1.
No primeiro tempo, o goleiro do Verdão tentou defender de manchete um chute de Éder Luis e se deu mal: a bola morreu no fundo da rede e o arqueiro colecionou as penas do frango. O jogo seguiu com o Palmeiras tendo mais presença no campo adversário. Com um jogo cadenciado, o time paulista tinha mais domínio de bola e cercava o Galo com muito perigo. O Atlético recuou e tentava matar a partida em contra-ataques.
Destaque desse Brasileirão, o meia Diego Souza recebeu uma bola perto do bico da grande área aos 34 minutos, pedalou, deu um drible desconcertante em Welton Felipe e deixou Ortigoza na cara do gol: 1 x 1. Na etapa final, Thiago Feltri foi derrubado na área do Verdão por Wendel, Renan Oliveira bateu sem força e Marcos pegou, se redimindo da falha no gol do Atlético. Com o resultado, o Palmeiras se manteve na ponta do Nacional, agora com 36 pontos, e o Galo assumiu a segunda colocação, com 32.

Curiosidades - Os times de Atlético e Palmeiras se completariam. O Verdão tem o meio-campo dos sonhos do Galo, que, por sua vez, conta com um ataque muito superior ao do adversário.

2 comentários:

Marcos Goulart disse...

O Galo tem que aproveitar as oportunidades e vencer os jogos, sobretudo os realizados em Belo Horizonte. Empatar em seu campo é derrota. Sair para jogar fora e buscar o resultado sempre é mais ´difícil. O time tem que aproveitar essas oportunidades em seu campo, sob pena de precisar desses resultados no decorrer do campeonato.

BRUNO disse...

Esse é meu ídolo! São Marcos! mesmo com essa lei onde o goleiro pode sofrer com a paradinha do batedor e mesmo assim não poder se adiantar, ele continua excepcional nos penaltis.

Abraços!

http://tempo-horario.blogspot.com/