sábado, 29 de agosto de 2009

São Paulo x Palmeiras é a atração da rodada

O jogo mais esperado do Brasileirão vai ser realizado amanhã, no Morumbi. Grandes favoritos para conquistar o título da competição, São Paulo e Palmeiras duelam a partir das 16h e prometem lotar o estádio.
Os times estão praticamente completos para o confronto. O Tricolor conta com sua força máxima, e, no Verdão a única dúvida é o alagoano Cleiton Xavier, que sofreu uma lesão no tornozelo. Se não puder atuar, o meio-campo vai ser formado por Pierre, Edmilson, Souza e Diego Souza. Na frente, Muricy Ramalho deve confirmar dois atacantes: Ortigoza e Obina.
O São Paulo teve sua série de sete vitórias interrompida após a derrota contra o Atlético-PR, no último domingo, e precisa bater o Palmeiras para não deixá-lo escapar. O Verdão soma 40 pontos na tabela, e o Tricolor tem 36.



SÃO PAULO – Rogério, André Dias, Renato Silva e Miranda; Jean, Hernanes, Richarlyson, Jorge Wágner e Júnior César; Dagoberto e Washington. Técnico: Ricardo Gomes.

PALMEIRAS – Marcos, Wendell, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Edmílson, Souza e Diego Souza; Ortigoza e Obina. Técnico: Muricy Ramalho.




Outro jogo importante para a definição das primeiras colocações é Inter x Goiás. As equipes se enfrentam a partir das 18h30, em Porto Alegre, e o vencedor vai ganhar moral para o restante da competição. Com 38 pontos, o Alviverde entrou na 22ª rodada como o segundo colocado e só pensa em manter a distância em relação ao Colorado, que empatou na última quarta-feira com o Santos e tem 34.

INTER – Lauro, Danilo Silva, Bolívar, Fabiano Eller e Kléber; Magrão, Guiñazú, Giuliano e Andrezinho; Léo e Bolaños. Técnico: Tite.

GOIÁS – Harlei, Ernando, Leandro Eusébio e Valmir Lucas; Vítor, Fernando e Júlio César; Léo Lima; Fernandão; Iarley e Felipe. Técnico: Hélio dos Anjos.


O Fluminense quer acabar com seu calvário na Série A enfrentando o Santos, às 16h, na Vila Belmiro. Com apenas 16 pontos na tabela, o Tricolor precisa vencer fora de casa para iniciar uma arrancada que o tire da zona do rebaixamento. O Peixe está na faixa intermediária da tabela e, se quiser ainda sonhar com a Libertadores, precisa começar a vencer. Para o duelo de amanhã, o técnico Vanderlei Luxemburgo perdeu três jogadores importantes: o atacante Kleber Pereira, o zagueiro Fabão e o meio-campista Rodrigo Mancha, suspensos. No Flu, as baixas são o zagueiro Cássio, o volante Fábio Santos e o atacante Fred, todos machucados. Regularizado, o zagueiro Gum, ex-Ponte, deve estrear.

SANTOS - Felipe, George Lucas, Domingos, Eli Sabiá e Léo; Émerson, Rodrigo Souto, Germano e Paulo Henrique Ganso; Mádson e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

FLUMINENSE – Rafael, Ruy, Luís Alberto, Gum (Dalton) e João Paulo; Fabinho, Diogo, Diguinho e Conca; Roni e Kieza. Técnico: Renato Gaúcho.

O Grêmio quer acabar com a instabilidade de seu time no Brasileirão. Para isso, precisa demonstrar fora de casa o poder de fogo que tem no Olímpico. Amanhã, o time de Paulo Autuori encara o Botafogo, às 18h30, no Engenhão, para tentar engrenar no campeonato. O Alvinegro tem 22 pontos, continua na zona do rebaixamento e precisa derrotar o Tricolor para ficar mais tranqüilo. Expulso contra o Cruzeiro, Fahel desfalca o Bota nesta tarde. No Grêmio, as baixas são Máxi Lopes e Léo, ainda lesionados.

BOTAFOGO - Castillo, Alessandro, Juninho, Émerson e Thiaguinho; Leandro Guerreiro, Léo Silva, Michael e Lúcio Flávio; Victor Simões e André Lima. Técnico: Estevam Soares.

GRÊMIO – Victor, Mário Fernandes, Rafael Marques, Réver e Lúcio; Adílson, Túlio, Souza e Tcheco; Jonas e Perea. Técnico: Paulo Autuori.

O Galo quer esquecer a goleada sofrida contra o Grêmio. Para curar a ressaca, o time precisa derrotar o Sport, neste domingo, às 16h, no Mineirão. Fanática, a massa alvinegra promete lotar o estádio, até porque o time se reforçou e conseguiu manter a dupla Tardelli e Éder Luiz.
ATLÉTICO MINEIRO – Bruno, Wélton Felipe, Alex Bruno e Jonílson; Carlos Alberto, Renan, Tchô e Thiago Feltri; Renan Oliveira; Éder Luís e Diego Tardelli. Técnico: Celso Roth.

SPORT – Magrão, Juliano, Igor, Durval; Moacir; Hamílton, Andrade e Dutra, Luciano Henrique; Wilson e Arce. Técnico: Péricles Chamusca.


Também neste domingo, o Cruzeiro duela com o Vitória no Barradão, em Salvador. O principal desfalque da Raposa continua sendo o atacante Kleber, que está entregue ao Departamento Médico com uma lesão na região pubiana. Não há nem mesmo previsão de volta do Gladiador. O jogo começa às 18h30.

VITÓRIA – Viáfara, Nino, Ânderson Martins, Wallace e Leandro; Vânderson e Uellinton; Jackson, Ramon e Neto Berola; Roger. Técnico: Vágner Mancini.

CRUZEIRO – Fábio, Jancarlos, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Diego Renan; Henrique, Fabrício e Gilberto; Guerrón, Wellington Paulista e Thiago Ribeiro. Técnico: Adílson Batista.

Jogos deste sábado



FLAMENGO- Bruno, Léo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Everton; Aírton, Lenon, Fierro e Pet; Zé Roberto e Denis Marques. Técnico: Andrade.

SANTO ANDRÉ - Neneca; Cicinho, Cezinha, Cris e Arthur (Gustavo Nery); Fernando, Ricardo Conceição, Sidney e Marcelinho Carioca (Rômulo); Júnior Dutra e Nunes. Técnico: Alexandre Gallo.


CORITIBA - Edson Bastos, Rodrigo Heffner, Jeci, Pereira e Rodrigo Crasso; Leandro Donizete, Pedro Ken, Renatinho e Marcelinho Paraíba; Thiago Gentil e Ariel. Técnico: Ney Franco.

AVAÍ - Eduardo Martini; Rafael, Émerson e Augusto; Luís Ricardo, Ferdinando, Léo Gago, Marquinhos e Eltinho; Muriqui e William.
Técnico: Silas.

NÁUTICO - Glédson, Patrick, Márcio, Cláudio Luiz e Michel; Nilson, Derley, Juliano e Aílton; Acosta e Carlinhos Bala. Técnico: Geninho.

ATLÉTICO-PR - Galatto, Manoel, Nei e Chico; Wesley, Fransérgio (Renan), Rafael Miranda, Marcinho e Márcio Azevedo; Wallyson e Alex Mineiro. Técnico: Antônio Lopes.

2 comentários:

dyeve disse...

i am not a microbist but I look on football sometimes..and of course if its about Brasil..smiles..why not?..I know the talented Pele...and also few other..
Nice blog..Congrats! Be yo're wish come truth!..smiles.

Blog do Deco disse...

Jogo excelente e que promete! Claro que pode acontecer de ser um jogo chato, monótono, marcado! Mas não apenas por ser São Paulino, mas por conhecer os times, suas histórias, eu tenho muita fé que o SPFC, dentro do Morumbi, é muito difícil de ser batido, principalmente pelo Palmeiras! Acredito em vitória por 2x1, ou 3x1, e tomara esteja certo! Abs!