sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Rio vai sediar as Olimpíadas de 2016

O Rio de Janeiro já era apontado por dois sites especializados na cobertura das Olimpíadas como favorito para sediar os Jogos de 2016, e as previsões se confirmaram hoje. O anúncio da cidade eleita foi feito às 13h51 pelo Comitê Olímpico Internacional,em Copenhague, na Dinamarca.
As concorrentes da Cidade Maravilhosa eram as potentes Madri, Tóquio e Chicago e a vantagem brasileira foi o ineditismo de uma Olimpíada na América do Sul. Um dos sites que apostaram no Rio, o Around the Rings, acertou nas três últimas previsões que fez sobre o país que sediaria os Jogos.
O segundo site foi o Games Bids, que não acerta tanto quanto o primeiro, mas também carimbou a cidade-sede em duas das últimas três concorrências.

Palavra de atletas sobre o feito

MARCELINHO (vôlei / Pinheiros/Sky-SP)
(Medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 / Disputou as Olimpíadas de 2008 e 2000)
- É uma vitória histórica para o país. Foram muitos anos sonhando com os Jogos e, agora, o Brasil tem a chance de mostrar ao mundo que pode organizar muito bem uma competição desse porte. Teremos o melhor do esporte mundial no Rio de Janeiro e todos os setores saem ganhando com essa escolha: turismo, economia, saúde, educação, todas as áreas que devem e precisam receber uma atenção especial em função da vinda desse evento. Teremos, com certeza, melhorias na cidade, no país, e precisamos saber aproveitar o que a passagem dos Jogos Olímpicos tem de bom a oferecer para o país como legado.

DANTE (vôlei / Brasil Vôlei Clube-SP)
(Medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 e medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 / Disputou as Olimpíadas de 2008, 2004 e 2000)
- Chegou a vez do Brasil. Depois dos Jogos Pan-Americanos e da Copa do Mundo, em 2014, as Olimpíadas. Os Jogos Olímpicos no Brasil vão ser um sucesso, com certeza, e o país vai crescer muito, antes e depois da realização do evento. Todas as cidades do mundo querem receber as Olimpíadas, vencemos candidatas muito fortes, de países de muita expressão, e essa é uma vitória importante para o povo brasileiro, mostra que fizemos um bom trabalho e que podemos fazer algo para marcar na história. O brasileiro está feliz e, em 2016, tenho certeza de que vamos ter um evento maravilhoso no Brasil.

EMANUEL (vôlei de praia)
(Medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 e medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 / Disputou as Olimpíadas de 2008, 2004, 2000 e 1996)
- Ser escolhida sede das Olimpíadas é uma chance de se alcançar a excelência no esporte. Receber oos Jogos é uma prova de respeito do mundo e uma enorme responsabilidade, uma honra que não tem tamanho. Além de comemorar esta conquista, é preciso valorizar e muito o trabalho e a dedicação de todos que tornaram esse sonho possível, dirigentes, autoridades, atletas, todos que representaram o Brasil ao longo desses anos e honraram as cores do nosso país pelo mundo afora. É uma conquista do Brasil, uma vitória para ser muito festejada pelo nosso povo, e tenho certeza que o Rio de Janeiro vai organizar Jogos que o mundo nunca viu antes.

RICARDO (vôlei de praia)
(Medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000 e medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 / Disputou as Olimpíadas de 2008, 2004 e 2000)
-
Receber as Olimpíadas é uma enorme responsabilidade para um país. Estive em três edições de Jogos Olímpicos, Pequim-2008, Atenas-2004 e Sydney-2000, e vi o quanto é fundamental planejamento e o envolvimento do povo para que o evento seja um sucesso. O Brasil vai se preparar, se estruturar, porque nada pode falhar, os olhos do mundo estão voltados para o evento. Ser sede dos Jogos Olímpicos é uma oportunidade de projetar ainda mais o nosso país para o mundo, o Brasil vem mostrando capacidade de realizar grandes eventos, foi assim com os Jogos Pan-Americanos e outros torneios mundiais de vários esportes, e, com certeza, vamos ver uma grande Copa do Mundo aqui em 2014. Temos que tirar proveito desses eventos, não apenas de estrutura para a cidade, mas de desenvolvimento, massificar os esportes pelo país e plantar uma semente que vá render bons frutos no futuro.

ALISON (vôlei de praia)- Vivo no Rio de Janeiro há três anos e fiquei muito feliz com a notícia de que a 'Cidade Maravilhosa' será sede dos Jogos Olímpicos. É uma sensação única, não apenas para o povo, mas em especial para nós, atletas, que viajamos o mundo inteiro representando o Brasil e imaginando como seria receber eventos como esse na nossa casa. Agora é real e espero estar jogando bem, em alto nível, e poder representar o país nas Olimpíadas de 2016. Ganhar uma medalha na praia onde eu treino, diante da minha família, dos meus amigos e da torcida brasileira, seria a maior conquista da minha carreira.

MARCELINHO MACHADO (basquete / Flamengo-RJ)- O Brasil merece essas Olimpíadas. Ganhamos a honra de organizar os Jogos e o mundo vai ver a capacidade do brasileiro. Fiquei muito feliz, ainda mais como carioca, de saber que a minha cidade vai ser o centro das atenções do mundo olímpico em 2016, e a nossa preparação para a competição começa agora. Todos que ajudaram a fazer desse sonho uma realidade estão de parabéns, aqueles que trabalharam e se dedicaram durante tanto tempo para que o COI escolhesse o Rio de Janeiro, foram recompensados e deram esse presente para nós brasileiros.

ANDERSON VAREJÃO (basquete / Cleveland Cavaliers-NBA)- Foi a melhor notícia do ano para o esporte brasileiro. Sediar os Jogos Olímpicos é uma conquista sem tamanho, receber as Olimpíadas de 2016 é uma vitória que tem que ser comemorada e muito pelos brasileiros. Morei em Barcelona e vi o quanto o povo agradece aos Jogos de 1992 pela transformação por que a cidade passou, pela herança positiva de estrutura e de crescimento esportivo que as Olimpíadas deixaram. O Rio de Janeiro venceu candidatas muito fortes, Chicago, Madri e Tóquio, centros muito poderosos, e isso já mostra o tamanho da nossa força e da nossa responsabilidade. Temos tempo e capacidade suficientes para fazer dos Jogos de 2016 a maior edição olímpica de todos os tempos. Nos Jogos de 2016, vou ter 33 anos e espero estar em quadra defendendo a Seleção Brasileira no Rio de Janeiro.


Charge - Marcelo San - O JORNAL-AL

2 comentários:

Mada disse...

Parabéns. Novamente o Marcelo San arrasa. Criativa e inteligente a sua charge.

Doris disse...

Adorei a charge!!!!!