sábado, 12 de dezembro de 2009

Senna é o melhor de todos os tempos


O ranking dos melhores pilotos da história da Fórmula 1 gerou polêmica na semana passada. A conceituada revista inglesa AutoSport ouviu 217 pilotos para fazer o ranking dos 20 destaques. A lista polarizou a disputa entre o brasileiro Ayrton Senna, o grande vencedor, e Michael Schumacher, que conquistou sete títulos mundiais num período de baixa competitividade. Senna venceu porque reunia as qualidades de um piloto excepcional e de uma personalidade que flutuava sobre a modalidade. Decidido, o brasileiro era o piloto dos resultados pouco prováveis, que, no braço, fazia a diferença contra máquinas bem mais azeitadas que a sua.
Schumi, ao contrário, representava o pragmatismo dos resultados. Suas vitórias e conquistas eram previstas com semanas de antecedência e sua qualidade não pode ser questionada. Gostaria apenas de vê-lo sentado num cockpit dos anos 80, dividindo um grid com feras como Alain Prost, Nelson Piquet, Nigel Mansel e Niki Lauda. Senna travou esses duelos e ainda conquistou três títulos antes de seu acidente fatal.
Ainda sobre o ranking, considero injustas as posições de Emerson Fittipaldi, o 12º, e Nelson Piquet, 13º. Pilotos versáteis e exímios acertadores de carros, eles jamais poderiam ficar atrás de Fernando Alonso, por exemplo, que talvez não seja nem o piloto mais talentoso dessa geração. A distância para os tempos de Emerson e a pouca simpatia de Piquet talvez expliquem as injustiças cometidas pelos jurados da AutoSport.

Confira a lista dos 20 melhores:
1º. Ayrton Senna (BRA)
2º. Michael Schumacher (ALE)
3º. Juan Manuel Fangio (ARG)
4º. Alain Prost (FRA)
5º. Jim Clark (ESC)
6º. Jackie Stewart (ESC)
7º. Niki Lauda (AUT)
8º. Stirling Moss (ING)
9º. Fernando Alonso (ESP)
10º. Gilles Villeneuve (CAN)
11º. Nigel Mansell (ING)
12º. Emerson Fittipaldi (BRA)
13º. Nelson Piquet (BRA)
14º. Jochen Rindt (AUT)
15º. Mika Hakkinen (FIN)
16º. Alberto Ascari (ITA)
17º. Lewis Hamilton (ING)
18º. Jack Brabham (AUS)
19º. Ronnie Peterson (SUE)
20º. Mario Andretti (EUA)

Di Grassi - O brasileiro Lucas di Grassi deve ser anunciado oficialmente na terça-feira como piloto da novata equipe Virgin. Ele vai ser o quarto brasileiro na F-1 em 2010.


Nova pontuação da F-1 -A comissão de Fórmula 1 causou uma revolução na Fórmula 1 ao mudar o sistema de pontuação para a próxima temporada. Com uma vitória valendo 25 pontos, o valor da primeira colocação vai mudar a forma de disputa, forçando as equipes de ponta a arriscarem mais. Gosto da ideia, e até acho que a FIA poderia também dar pontos ao pole-position e ao dono da melhor volta nas corridas, como já é feito Indy.

Confira o novo sistema de pontuação:

1º - 25 pontos
2º - 20 pontos
3º - 15 pontos
4º - 10 pontos
5º - 8 pontos
6º - 6 pontos
7º - 5 pontos
8º - 3 pontos
9º - 2 pontos
10º - 1 ponto

Mercedes -Quem está esperando que a Brawn lute pelo bicampeonato vai ter uma surpresa ao acompanhar os primeiros treinos da F-1. A equipe inglesa mudou o nome para Mercedes e promete ser muito competitiva em 2010. O objetivo de seus diretores é trazer o alemão Michael Schumacher de volta às pistas depois de quatro anos de aposentadoria. Se aceitar a proposta, ele vai ser o principal responsável pelo novo projeto.

Descendo - Kimi Raikonen, que perdeu o posto de piloto de elite da Fórmula 1 após a apagada temporada deste ano. Mesmo com uma boa proposta da Mercedes, ele resolveu dar um até breve à categoria e vai participar do Mundial de Rali (WRC) em 2010.

Subindo - A Ferrari, que conta hoje com a dupla mais forte da Fórmula 1. Felipe Massa e Fernando Alonso têm talento e devem ter carro também para lutarem prova a prova pelo título da mais importante categoria do automobilismo mundial.

FÓRMULA 1 - CALENDÁRIO 2010

14/3 - GP de Bahrein (Sakhir)
28/3 - GP da Austrália (Albert Park)
4/4 - GP da Malásia (Sepang)
18/4 - GP da China (Xangai)
9/5 - GP da Espanha (Barcelona)
16/5 - GP de Mônaco (Montecarlo)
30/5 - GP da Turquia (Istambul)
13/6 - GP do Canadá (Montreal)
27/6 - GP da Europa (Valência)
11/7 - GP da Grã-Bretanha (Silverstone)
25/7 - GP da Alemanha (Hockenheim)
1/8 - GP da Hungria (Hungaroring)
29/8 - GP da Bélgica (Spa-Francorchamps)
12/9 - GP da Itália (Monza)
26/9 - GP de Cingapura (Cingapura)
10/10 - GP do Japão (Suzuka)
24/10 - GP da Coreia do Sul (Seul)
7/11 - GP do Brasil (Interlagos)
14/11 - GP de Abu Dabi (Yas Marina)

Nenhum comentário: