sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Nordestão ainda em debate

A Liga que tenta organizar o Campeonato do Nordeste não está conseguindo abrir a guarda da CBF. Após as primeiras reuniões, os dirigentes vibravam com a possibilidade de a competição ser disputada a partir de maio, mas as dificuldades impostas pela Confederação fizeram os cubes recuarem.
A possibilidade de o Regional voltar com força ainda existe, mas precisa ser trabalhada com muita habilidade. Uma das maiores dificuldades para que novas competições sejam viabilizadas no País é o calendário, bloqueado por acordos com a TV e a própria CBF. A Liga conseguiu o importante apoio da empresa Top Sports, que vai ser o trem pagador, e precisa agora de poder político para convencer a CBF de que ela estava errada quando resolveu destruir a competição em 2003. No próximo dia 25, os membros da Liga vão se reunir em Aracaju para tentar diminuir a distância entre a teoria e a prática.

Catanha - O atacante Catanha já está regularizado na Federação Alagoana de Futebol e pode estrear domingo, fora de casa, contra o Penedense. O Timão vem de três vitórias consecutivas, e Gilmar Batista ainda não definiu se o jogador entra de primeira ou se espera no banco de reservas. O problema é que a dupla ofensiva formada por Léo e Afonso está em ótima fase.

Sem mágoas - A diretoria do ASA demonstrou que não guarda mágoas. Depois de o lateral-esquerdo Leandro Smith ter fechado com o clube no final do ano passado, ele disse ter recebido uma proposta melhor e foi embora. Agora, o atual campeão alagoano aceitou de bom grado o seu retorno. Ele vai precisar mostrar muito serviço para se desculpar com a exigente torcida do Alvinegro.

Nenhum comentário: