quinta-feira, 15 de abril de 2010

O incrível Santos goleador

Vencer o Naviraiense por 10 x 0 pode ser até considerado um resultado normal, mas as goleadas do Santos sobre o Ituano, por 9 x 1, e o Guarani, ontem, por 8 x 1, demonstram parte do incrível potencial ofensivo do time.
No teste contra o São Paulo, domingo, os Meninos da Vila arrebentaram no primeiro tempo, mas caíram de produção na etapa final e venceram só por 3 x 2. O mais interessante da partida foi a postura tática do time, que continuou atuando com um volante mais técnico, Arouca, e atacou a boa equipe do Tricolor com Marquinhos, Ganso, Robinho, Neymar e André, além de contar com a participação dos laterais.
Contra o Guarani, o Santos não tirou o pé em nenhum momento e goleou um adversário que vive um momento conturbado nesta temporada, mas está na Primeira Divisão do futebol brasileiro. Destaque absoluto para Neymar, autor de cinco gols na partida.

Time - Contra o Guarani, o Santos jogou com: Felipe, Wesley, Edu Dracena (Pará), Durval e Léo (Madson); Arouca, Marquinhos e Paulo Henrique Ganso; Robinho, André (Marcel) e Neymar.

Avaliação - Técnico do Grêmio, Silas garante que não tem medo de enfrentar o Santos se os dois times chegarem às semifinais da Copa do Brasil. O treinador considera o sistema de jogo do Peixe muito arriscado.“O Santos está jogando muito bem, mas enfrentou o São Paulo no Morumbi (vitória por 3 x 2) e sofreu um gol de empate com um jogador a mais. Conseguiu um gol aos 44, 45 do segundo tempo. Cada jogo é um jogo. É gostoso ver o Santos jogar, mas eles têm um meia, o Marquinhos, de segundo volante. Temos que ver contra um time mais pesado, com dois meias como Leandro e Douglas, se consegue agüentar”, comentou Silas.

A rodada - Os demais jogos da Copa do Brasil realizados ontem não tiveram grandes surpresas. Fluminense e Vasco venceram, respectivamente, Portuguesa e Corinthians-PR por 1 x 0, fora de casa, e abriram boa vantagem. Atuando em casa, o Grêmio bateu o Avaí por 3 x 1 e o Atlético-MG derrotou o Sport por 1 x 0. Quem também se deu bem no campo do inimigo foi o Atlético-GO, que acabou com a euforia do Santa Cruz ao vencer o jogo por 2 x 1.

Nenhum comentário: