domingo, 4 de abril de 2010

Vettel vence a primeira no ano; Massa é líder

A prova da Malásia foi movimentada no pelotão de trás. Com as Ferrari e McLaren largando nas últimas filas, as RBR não tiveram adversários à altura e, sem pressão e desgaste, conseguiram, enfim, vencer uma corrida, com Sebastian Vettel. Mark Webber ficou em segundo, consolidando o posto de fiel escudeiro. Lá atrás, Hamilton, Button, Massa e Alonso conseguiram abrir caminho até a sexta colocação.
O melhor de todos foi Hamilton, com Massa fazendo uma boa prova e terminando em sétimo. Button, mesmo com os pneus muito desgastados, segurou Alonso, que estava sem embreagem, forçou demais sua Ferrari e abandonou faltando duas voltas para o fim.

Líder – Com o resultado, Massa confirmou a regularidade nas três corridas, chegou aos 39 pontos e comanda o campeonato. Em segundo aparecem Fernando Alonso e Sebastian Vettel, com 37, o que demonstra o extremo equilíbrio do Mundial. Jenson Button é o quarto, com 35.

Duelo - Após três provas, Massa está vencendo o duelo particular com Alonso. O espanhol venceu no Bahrein, mas ficou atrás do brasileiro na Austrália e na Malásia. Hoje, Massa participou de um dos pontos altos da prova, ao ultrapassar com autoridade o inglês Jenson Button. Outro ponto forte de sua prova foi a excelente largada, repetindo o trabalho feito na Austrália. Ele só precisa acertar o carro para ter o mesmo desempenho das corridas nos treinos.

Terminaram – Outra boa notícia foi a consistência dos carros de Lucas di Grassi e Bruno Senna. Pela primeira vez no ano, eles terminaram uma prova, respectivamente, na 14ª e na 16ª colocações. Rubens Barrichello teve problemas com sua Williams e ficou e 12º.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DA MALÁSIA

 1° - Sebastian Vettel (ALE) Red Bull-Renault - 1h33m48s412 (56 voltas)
2° - Mark Webber (AUS) Red Bull-Renault - a 4s849
3° - Nico Rosberg (ALE) Mercedes - a 13s504
4° - Robert Kubica (POL) Renault - a 18s589
5° - Adrian Sutil (ALE) Force India-Mercedes - a 21s059
6° - Lewis Hamilton (ING) McLaren-Mercedes - a 23s471
7° - Felipe Massa (BRA) Ferrari - a 27s068
8° - Jenson Button (ING) McLaren-Mercedes - a 37s918
9° - Jaime Alguersuari (ESP) Toro Rosso-Ferrari - a 1m10s602
10° - Nico Hulkenberg (ALE) Williams-Cosworth - a 1m13s399
11° - Sebastian Buemi (SUI) Toro Rosso-Ferrari - a 1m18s938
12° - Rubens Barrichello (BRA) Williams-Cosworth - a uma volta
13° - Fernando Alonso (ESP) Ferrari - a duas voltas
14° - Lucas Di Grassi (BRA) Virgin-Cosworth - a três voltas
15° - Karun Chandhok (IND) Hispania-Cosworth - a três voltas
16° - Bruno Senna (BRA) Hispania-Cosworth - a quatro voltas
17° - Jarno Trulli (ITA) Lotus-Cosworth - a cinco voltas

ABANDONOS

Heikki Kovalainen (FIN) Lotus-Cosworth - a dez voltas (mecânico)
Vitaly Petrov (RUS) Renault - a 24 voltas (mecânico)
Vitantonio Liuzzi (ITA) Force India-Mercedes - a 44 voltas (motor)
Michael Schumacher (ALE) Mercedes - a 47 voltas (porca da roda)
Kamui Kobayashi (JAP) Sauber-Ferrari - a 48 voltas (motor)
Timo Glock (ALE) Virgin-Cosworth - a 54 voltas (colisão)
Pedro de la Rosa (ESP) Sauber-Ferrari - não largou (motor)
VOLTA MAIS RÁPIDA
Mark Webber (AUS) Red Bull-Renault - 1m37s024, na 53ª

Nenhum comentário: