sábado, 22 de maio de 2010

Inter: o poder de uma retranca

Num jogo feio, a Inter de Milão fez hoje jus ao seu jogo defensivo e matou o Bayern de Munique nos contra-ataques. Com dois gols do argentino Diego Milito, o time italiano bateu os alemães por 2 x 0, em Madri, e conquistou o título da Liga dos Campeões da Europa.
A Inter confia na força de seu sistema defensivo, mas, na minha opinião, tem jogadores muito qualificados para jogar tão fechada. A partida foi feia justamente porque os dois times têm características defensivas, apesar de hoje o Bayern ter tocado melhor a bola.
O técnico José Mourinho armou uma arapuca para Van Gaal e venceu a partida em estocadas rápidas. Também prevaleceu o talento individual de Milito, que foi para cima da zaga alemã e decidiu a parada.

Brasileiros – Os brasileiros da Inter cumpriram seu papel. Maicon não foi brilhante, mas foi eficiente na defesa. Lúcio fechou os espaços dos atacantes do Bayern e o goleiro Júlio César fez boas intervenções e demonstrou segurança durante os 90 minutos.

Nenhum comentário: