quinta-feira, 20 de maio de 2010

São Paulo eliminou o Cruzeiro

O São Paulo comeu o Cruzeiro feito mingau quente, pelas beiradas. O Tricolor adotou uma postura defensiva no começo da partida de ontem e foi beneficiado pela expulsão do atacante Kleber logo no primeiro minuto. O árbitro uruguaio Jorge Larrionda foi rigoroso no lance e, ali, o duelo foi definido.
Sem seu principal atacante, a Raposa mal chegou ao gol de Rogério Ceni. Avançando suas peças com paciência, o São Paulo teve mais volume de jogo e definiu a classificação numa jogada brilhante do lateral Júnior César. Ele deixou dois marcadores para trás e serviu Hernanes, que não perdoou.
 Depois o Tricolor continuou criando chances de gol e o Cruzeiro apenas esperou o tempo passar para perder de pouco. Em mais um passe açucarado de Fernandão, o Tricolor marcou o segundo, com Dagoberto, e chegou às semifinais da Libertadores.

Rojões - A noite de ontem em BH foi iluminada por muitos raios e rojões. A torcida do Atlético festejou com gosto da eliminação do rival. Teve também carreata e buzinaço.

Crédito da foto: Gaspar Nóbrega

2 comentários:

Anônimo disse...

Cruzeirinho desceu pela garganta do São Paulo feito quiabo na goela de véio

Anônimo disse...

Gostei demaisssssss