sexta-feira, 18 de junho de 2010

Fifa está de olho em armação de resultados

A Fifa reconheceu ontem que teme uma possível armação de resultados durante a Copa do Mundo da África do Sul, especialmente na última rodada da fase de grupos da competição. Apesar do receio, a entidade antecipou que está pronta para monitorar os confrontos. Na opinião de Marco Villiger, diretor da Fifa, a rodada final apresenta o maior risco de problemas. Algumas seleções já eliminadas, ou até mesmo as garantidas na oitavas, poderiam se envolver em algum tipo de armação, na opinião do dirigente.
Até o momento, o dirigente garante que todos os jogos estão totalmente "limpos", sem qualquer suspeita envolvendo jogadores, seleções ou juízes. E reiterou que a Fifa conseguirá distinguir qualquer irregularidade.
Um caso deste tipo pode acontecer na última rodada do Grupo A. Uruguai e México, que estão empatados na primeira colocação com quatro pontos, se enfrentam na próxima terça, em Rustemburgo, e podem até "combinar" um empate para que ambos consigam a classificação às oitavas de final. Neste caso, pelo saldo de gols, os uruguaios passariam em primeiro e os mexicanos, em segundo. E eliminaria França e África do Sul, que estão com um ponto cada e duelam no mesmo horário, em Bloemfontein.
A armação de resultados no futebol, coordenada por grupos ilegais de aposta, é um dos grandes problemas enfrentados pela Fifa. Há dez dias, por exemplo, a polícia croata deteve cerca de 20 pessoas - inclusive alguns treinadores e jogadores - envolvidas nestas irregularidades.

Nenhum comentário: