quarta-feira, 21 de julho de 2010

Janela indiscreta

A abertura da janela de transferências internacionais antes do prazo combinado foi mais um grave erro da Confederação Brasileira de Futebol. Clubes que estavam esperando para concluírem as negociações em curso no mês de agosto foram prejudicados pela atitude. A diretoria do São Paulo, por exemplo, é a que mais reclama. O Tricolor vai iniciar no dia 28 o mata-mata das semifinais da Libertadores contra o Inter, e o clube gaúcho, por causa da CBF, vai ter três reforços de peso: o goleiro Renan, o volante Tinga e o atacante Rafael Sobis. Para piorar a situação, a diretoria colorada confirmou ontem que houve lob na CBF para que a mudança fosse oficializada. A regra foi rasgada no meio das competições. Essa janela poderia perfeitamente ser antecipada, mas apenas na próxima temporada. Por isso, a ética agoniza nos bastidores do futebol.

Mano ou Muricy - Os jornais do eixo Rio-São Paulo informam que Mano Menezes e Muricy Ramalho são hoje os mais cotados para substituírem Dunga na seleção. Pelo perfil traçado por Ricardo Teixeira, Mano tem vantagem na disputa. Ele trabalha melhor com jogadores mais jovens e adota esquemas mais ofensivos, como o do Corinthians campeão da Copa do Brasil no ano passado. Muricy gosta que seus times atuem mais no erro do adversário, com menos posse de bola, e tem o estilo parecido com o de Dunga. A CBF promete anunciar o nome do novo treinador até a próxima segunda.

Futuro de Dunga O técnico Dunga está na lista da Federação de Honduras. Ele pode comandar o projeto do País para voltar à Copa do Mundo. O ex-técnico da seleção brasileira ainda não confirmou o contato.

Nenhum comentário: