domingo, 8 de agosto de 2010

Hoje é dia de Corinthians x Flamengo

A grande atração da 13ª rodada do Brasileirão é o clássico entre Corinthians e Flamengo. O Timão luta nesta tarde, a partir das 16h, para reassumir a liderança do campeonato e sabe que para isso precisa vencer o jogo.
Ainda em reformulação, o Rubro-Negro vem de um empate com o Vasco e tenta surpreender o vice-líder no Pacaembu para melhorar sua condição lutar pelo G-4. O técnico Adílson Batista chegou a cogitar a possibilidade de escalar o atacante Ronaldo nesta tarde, mas foi convencido pelos fisioterapeutas do clube que não vale a pena queimar etapas. O grande desfalque da equipe é o meia Bruno César, um dos artilheiros da competição, com seis gols. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no clássico contra o Palmeiras e deve ser substituído por Iarley.
No Fla, o técnico Rogério Lourenço ainda enfrenta a desconfiança da torcida. Parte das organizadas pede a sua demissão e um bom resultado no jogo de hoje vai ser fundamental para ele ter um pouco mais de tranqüilidade para trabalhar. O único desfalque é o volante Correa, suspenso. Assim, o meio-campo rubro-negro deve ser formado por Fernando, Williams, Kleberson e Petkovic. Na frente, a dupla Val Baiano e Borja vai ter mais uma oportunidade para mostrar serviço.

Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão

Vasco – Outro carioca que entra em campo hoje é o Vasco. Tentando se livrar de vez das últimas colocações, o time cruzmaltino deve escalar o seu quadrado mágico, como já está sendo conhecido o setor ofensivo formado por Carlos Alberto, Felipe, Éder Luís e Zé Roberto. O adversário dos cariocas é o Vitória, às 18h30, em São Januário. O Leão está ferido e desgastado pela perda do título da Copa do Brasil, mas vai tentar afogar as mágoas para começar a decolar no Brasileirão. As baixas na equipe são o goleiro Viáfara e o lateral Nino, machucados. No Vasco, apenas o zagueiro Titi, lesionado, não pode atuar.

Flu tenta manter a ponta no Olímpico

Líder do Brasileirão, com 26 pontos, o Fluminense vai testar sua força na tarde de hoje, às 16h, no Olímpico, contra o Grêmio. O Tricolor vem de uma boa vitória contra o Atlético-PR e vai tentar conquistar seu nono triunfo na competição.
O técnico Muricy Ramalho ainda não pode contar com o atacante Fred, entregue ao Departamento Médico, mas o Washington, que marcou dois gols em sua reestreia contra o Furacão já está confirmado no ataque,ao lado de Emerson. O treinador também não pode contar com o volante Diogo, suspenso, além do lateral-esquerdo Carlinhos e o meio-camista Belletti, machucados. Contratado recentemente, o volante Valência também não tem condições de atuar. Negociado com o Red Bull, da Áustria, o atacante Alan se despediu do clube na última sexta-feira.
“É difícil dizer adeus. Mas tracei isto para a minha carreira, e acho que este é o momento. Estou saindo de cabeça erguida. Fiz de tudo para ajudar o Fluminense neste período. Vejo essa transferência como um trampolim, já que a Áustria é bem perto da Alemanha. Preciso jogar e acho que lá terei uma sequência. Será uma boa experiência. Só eu sei o que passei esta semana. Foi muito difícil tomar esta decisão. Só tenho que agradecer ao Fluminense. Amo este clube de paixão. Vou torcer de lá para que o time seja campeão”, afirmou o jogador.
Contratado pelo Fluminense, Deco vai ser apresentado amanhã, às 12h30

DECO - A grande novidade no Flu foi o anúncio do meia Deco (ex-Chelsea), que vai ser apresentado oficialmente amanhã, às 12h30. O jogador colocou mais uma vez o Tricolor nas manchetes internacionais.

GRÊMIO
- O Grêmio continua nas últimas colocações da Série A e técnico Silas corre sério risco de demissão. O Tricolor vem de dois empates, um com os reservas do Inter, no Brasileirão, e outro com o Goiás, pela Sul-Americana. O maior problema é a sequência de jogos sem vencer: sete partidas. Hoje, Silas não terá o zagueiro Ozéia, o meio-campista Hugo e o atacante Jonas, todos suspensos. Outra baixa importante é goleiro Victor, que viaja com a seleção brasileira.
“Não podemos mais ficar esperando. Não me preocupa estar na zona de rebaixamento, mas sim a distância para os líderes. Se não, vamos chegar em outubro sem nada para lutar na competição. Uma sequência de duas vitórias já nos coloca próximo da décima colocação”, comentou Silas.

São Paulo tenta sacudir a poeira
Ceni foi um dos jogadores que ficaram mais abatidos com a eliminação na Libertadores

O São Paulo tenta sacudir a poeira da eliminação na Libertadores jogando fora de casa, às 18h30, contra o Atlético-PR, em Curitiba. Já sem o técnico Ricardo Gomes, que não renovou, Milton Cruz vai ser o interino. Os desfalques do Tricolor são os meio-campistas Richarlyson, lesionando, e Hernanes, negociado com a Lazio. No Furacão, o técnico Paulo César Carpegiani não tem à disposição o alagoano Wagner Diniz e o atacante Bruno Mineiro, suspensos.
O Palmeiras, de Felipão, tenta conquistar uma vitória atuando no campo inimigo. O time faz umuelo verde contra o Goiás, às 16h, em Goiânia, com um importante desfalque: Lincoln, machucado. Já o adversário perdeu o atacante Rafael Moura, suspenso.
Fechando a rodada, o Cruzeiro tem quatro desfalques (Roger, Gilberto, Gil e Thiago Ribeiro) contra o Prudente, às 18h30, no Ipatingão, em Minas.Já o clube paulista não conta com Ânderson Luís, Leonardo, Marcelo Oliveira e Wanderley.

Nenhum comentário: