quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Inter coloca uma mão na Taça Libertadores

D´Alessandro tem se destacado com a camisa do Inter
O Inter sobrou em campo contra o Chivas na primeira partida da decisão da Libertadores. O Colorado apresentou um grande volume de jogo, mesmo jogando na grama sintética e na casa do adversário, venceu por 2 x 1 e ficou bem mais perto do titulo. Bautista abriu o placar no primeiro tempo, com Giuliano e Bolívar virando o jogo na etapa final.
Como se trata de uma final e o adversário é traiçoeiro, não custa ao time brasileiro adotar todas as precauções para o jogo de volta, quarta-feira, no Beira-Rio.
O Chivas conquistou a classificação nas semifinais batendo a Universidad de Chile fora de casa e vai tentar repetir o feito em Porto Alegre, apesar de ser grande a diferença técnica entre os chilenos e os colorados. Em condições normais de pressão e temperatura, o Inter levanta a taça.

Predestinado - O meio-campista Giuliano é um reserva de luxo do Inter. Ele entrou no primeiro jogo do mata-mata contra o São Paulo e o Chivas e marcou gols decisivos. O garoto, assim como Sandro, tem, com certeza, um futuro promissor.

Conclusão - Pelo domínio apresentado em Guadalajara, o Inter poderia ter vencido ontem por uma diferença bem maior de gols. O Colorado ainda tem na finalização um de seus maiores defeitos.

Nenhum comentário: