segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Brasileirão - Ranking dos salários dos jogadores


Ronaldo tem um salário de 1,8 milhão no Corinthians

A Revista Placar trouxe neste mês como destaque uma matéria interessante sobre o poder de compra dos grandes clubes da elite do futebol brasileiro. O mercado está propício a grandes negociações, com os dirigentes e parceiros torrando dinheiro para reforçar seus times.
Um caso que considero interessante é o do atacante Deivid. Ele não vivia um bom momento no Fenerbahce, da Turquia, onde amargava a reserva, e chegou ao Flamengo para salvar a pátria rubro-negra da escassez de gols. Faltando algumas horas para fechar a janela de negociações, o Fla sacou uma grana alta e aceitou pagar o salário de R$ 475 mil ao atacante. Foi desespero.
Com problemas no planejamento do seu futebol, o clube carioca precisou pagar um valor bem mais alto por um bom centroavante, mas que ainda precisa entrar em forma para fazer a diferença.
Entre os jogadores, Ronaldo continua no topo da lista dos salários. Mesmo sem jogar, ele é um fenômeno de marketing e, de acordo com a diretoria do Corinthians, fortaleceu o caixa do clube com R$ 20 milhões. Dessa grana, o craque embolsou R$ 15 milhões e lidera o ranking dos salários mais altos, ganhando 1,8 milhão.
Atlético-MG abriu os cofres, mas não faz boa campanha
O segundo da lista é o meia Deco, que trocou a reserva do Chelsea pelo Fluminense. Astro na Europa, o jogador recebe R$ 550 mil por mês. Por enquanto, sua produtividade é questionada por parte da torcida, mas o técnico Muricy Ramalho aposta que, com a sequência de jogos e a total readaptação ao futebol brasileiro, ele vai fazer jus ao salário.
O ranking segue com Deivid, em terceiro lugar, e tem Fred, que fechou um novo contrato com o Flu até 2015, em quarto lugar, com vencimentos mensais girando em torno de R$ 460 mil. O quinto é o atacante Kleber, do Palmeiras, que deixou o Cruzeiro para receber R$ 373, 5 mil. A joia da coroa santista, Neymar, está na quinta colocação, com um salário de R$ 300 mil. Com números iguais, aparecem, na sequência, Roberto Carlos, do Corinthians, Felipe, do Vasco, D´Alessandro, do Inter, e Rafael Sóbis, também do Colorado.
Dessa turma, seis são atacantes, três armadores e apenas um, Roberto Carlos, joga atrás da linha do meio-campo. Entre os treinadores, Felipão comanda o ranking, com um salário de R$ 700 mil no Palmeiras. O segundo colocado é Muricy Ramalho, que renovou por mais dois anos com o Flu para receber R$ 550 mil mensais, e o terceiro era Vanderlei Luxemburgo, demitido na última quinta-feira pelo Atlético-MG. Antes de cair, Luxa recebia R$ 500 mil do presidente Alexandre Kalil. Curiosamente, esses três técnicos ganham mais do que o comandante da seleção brasileira, Mano Menezes, que recebe entre R$ 350 mil e R$ 400 mil. As vantagens de Mano são a visibilidade do cargo e o retorno financeiro dos vários contratos publicitários que deve fechar nos próximos anos.

Ranking dos gastos dos times da Série A:

1- Corinthians - R$ 5,05 milhões
2- Inter - R$ 5 milhões
3 - Santos - R$ 4,8 milhões
4 - Fluminense - R$ 4,2 milhões
5 - Palmeiras - R$ 4 milhões
6 - São Paulo - R$ 4 milhões
7 - Flamengo - R$ 3,5 milhões
8 - Cruzeiro - R$ 3,4 milhões
9 - Grêmio - R$ 3,2 milhões
10 - Atlético-MG - R$ 2,9 milhões
11 - Vasco - R$ 2,35 milhões
12 - Botafogo - R$ 2,1 milhões

Ranking dos salários dos jogadores
 1 - Ronaldo (Corinthians) - R$ 1,8 milhão
2 - Deco (Fluminense) - R$ 550 mil
3 - Deivid (Flamengo) - R$ 475 mil
4 - Fred (Fluminense) - R$ 460 mil
5 - Kléber (Palmeiras) - R$ 373, 5 mil
6 - Neymar (Santos) - R$ 305 mil
7 - Roberto Carlos (Corinthians) - R$ 300 mil
8 - Felipe (Vasco) - R$ 300 mil
9 - D´Alessandro (Inter) - R$ 300 mil
10 - Rafael Sóbis (Inter) - R$ 300 mil

Ranking dos salários dos técnicos:

1- Felipão (Palmeiras) - R$ 700 mil
2- Muricy Ramalho (Fluminense) - R$ 550 mil
3 - Luxemburgo (Ex-Atlético-MG) - R$ 500 mil
4 - Dorival Jr. (Ex-Santos) - R$ 350 mil
5 - Celso Roth (Inter) - R$ 300 mil
6 - Joel Santana (Botafogo) - R$ 270 mil
7 - Renato Gaúcho (Grêmio) - R$ 260 mil
8 - Adílson Batista (Corinthians) - R$ 250 mil
9 - Cuca (Cruzeiro) - R$ 230 mil
10 - PC. Gusmão (Vasco) - R$ 150 mil
11 - Silas (Flamengo) - R$ 150 mil

*Informações publicadas neste mês pela Revista Placar


Vágner Love foi contratado em 2009 pelo Palmeiras
Comparação com 2009

No ano passado, os clubes brasileiros gastaram menos com os salários dos jogadores. Mesmo assim, Ronaldo estava no topo do ranking. O segundo colocado era Vágner Love, do Palmeiras, e o terceiro Adriano, do Flamengo.

Parecidos - Assim como o Atlético-MG neste ano, o Fluminense fez um alto investimento na temporada passada e teve que se contentar com a luta contra o rebaixamento. Se serve de alento para a torcida do Galo, o Tricolor arrancou na reta final do Brasileirão, manteve a base de 2009 e, com boas contratações nesta temporada, se transformou num dos principais candidatos ao título. Às vezes, o investimento só dá retorno a longo prazo.

Ranking dos salários dos jogadores no ano passado:

1. Ronaldo - Corinthians - 300.000 euros
2. Vágner Love - Palmeiras - 195.031 €
3. Adriano - Flamengo - 141.600 €
4. Fred - Fluminense -120.000 €
5. Kléber - Cruzeiro - 109.375 €
6. Rogério Ceni - São Paulo - 89,084 €
7. Washington - São Paulo - 85.937 €
8. Fabão - Santos - 80.000 €
9. Kleber Pereira - Santos - 80.000 €
10. Marcos - Palmeiras - 78.125 €
11. Léo - Santos - 78.125 €
12. Fábio Costa - Santos - 78.125 €
13. Edmilson - Palmeiras - 73.700 €
14. Leandro Amaral - Fluminense - 70.000 €
15. Kleberson - Flamengo - 62.000 €
16. Zé Roberto - Flamengo - 62.000 €
17. Gilberto - Cruzeiro - 60.000 €
18. Jorge Wagner - São Paulo - 60.000 €
19. Kleber - Internacional - 55.800 €
20. Juan - Flamengo - 55.000 €
21. Bruno - Flamengo - 52.000 €
22. Leo Moura - Flamengo - 52.000 €
23. Souza - Corinthians - 50.000 €
24. Edu - Corinthians - 50.000 €
25. Dagoberto - São Paulo - 47.900 €
26. Diego Souza - Palmeiras - 47.900 €
27. Hernanes - São Paulo - 45.000 €
28. Fabricio - Cruzeiro - 45.000 €
29. Diego Tardelli - Atletico-MG - 45.000 €
30. Denis Marques - Flamengo - 43.700 €
31. Diguinho - Fluminense - 42.000 €

2 comentários:

Fut Do Dih disse...

Muito dinheiro e pouca bola, quanto mais aumenta a grana,com menos vontade eles jogam. E mais, um tecnico ganha 700 mil é demais. Hoje em dia tecnico é mais valorizado que os jogadores ( oque é totalemnte errado).

Eu também tenho um blog de futebol, quand otive tempo dá uma olhada.
futdodih.blogspot.com

Anônimo disse...

Alguém sabe quanto os jogadores da sub 20 do corinthians ganham?