segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Nordestão foi um fracasso

O Nordestão termina no dia 1º de dezembro, com a decisão entre Vitória e ABC. A competição deste ano foi um retumbante fracasso. Horários trocados, reservas por atacado, torcidas desinteressadas. A semifinal entre Vitória e CSA no Barradão parecia jogo da Série Z, tanto na quantidade de público no estádio quanto na qualidade do futebol.
No início do próximo ano, o Regional terá sua segunda edição após o retorno. As cotas para cada clube devem chegar a R$ 250 mil, mas o futuro da competição e dos recursos que ela traz depende do interesse dos dirigentes e da Liga. Qualquer menino de doze anos organizaria um campeonato de botão mais atraente do que o realizado neste segundo semestre. Houve críticas até dos próprios integrantes do campeonato, que, por falta de informação, quase perderam até a hora de algumas partidas.
O Nordestão ainda pode ser uma boa alternativa para que os clubes da Região possam cobrir os prejuízos do Estadual no semestre. Se ele morrer em 2011, restarão poucas esperanças de evolução ao futebol nordestino, principalmente para os clubes fora de Bahia, Pernambuco e Ceará.

Nenhum comentário: