quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Quatro clubes e um destino

Ronaldo marcou dois gols na vitória do Timão sobre o Avai
Faltando cinco rodadas para o fim, o Campeonato Brasileiro continua aberto. O Fluminense, que empatou ontem sem gols com o Inter, no Beira Rio,  mantém um ponto de frente sobre o segundo colocado, agora o Corinthians, e o terceiro, o Cruzeiro. O Timão goleou o Avaí por 4 x 0 no Pacaembu, e a Raposa perdeu em casa para o São Paulo por 2 x 0. Depois de vencer o Atlético-GO, no Rio, por 3 x 2, o Botafogo já aparece no retrovisor, quatro pontos atrás do líder, e promete dar trabalho. O título, certamente, ficará com um desses quatro clubes.

Seqüência dos candidatos - Com 58 pontos, o Fluminense pega, na ordem, o Vasco (neutro), o Goiás (casa), o Palmeiras (fora), o São Paulo (fora) e o Guarani (casa). Com 57, o Corinthians enfrenta o São Paulo (neutro), o Cruzeiro (casa), o Vitória (fora), o Vasco (casa) e o Goiás (fora). Com 57, o Cruzeiro joga contra o Vitória (fora), o Corinthians (fora), o Vasco (casa), o Flamengo (fora) e o Palmeiras (fora). Com 54, o Botafogo encara ainda o Avaí (fora), o Ceará (fora), o Inter (casa), o Prudente (casa) e o Grêmio (fora).

Cruzeiro em baixa - Dos quatro candidatos ao título, o que está na pior fase é o Cruzeiro. A Raposa, que chegou a tomar a liderança do Fluminense, perdeu três dos últimos quatro jogos e patinou na tabela. Domingo, vai enfrentar o Vitória, em Salvador.

Ronaldo - Mesmo ainda fora de forma, Ronaldo está correspondendo às expectativas. Diante do Avaí, emplacou o quarto jogo consecutivo no Corinthians neste Brasileiro e marcou dois gols. Em 61 partidas disputadas com a camisa alvinegra, o Fenômeno marcou 34 vezes.

Asa negra - O São Paulo se transformou na asa negra do Cruzeiro neste ano. O Tricolor eliminou a Raposa da Libertadores e venceu um jogo fundamental para as pretensões do time mineiro de conquistar o título brasileiro.
Crédito da foto: Ricardo Matsukawa/Terra

Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão

Nenhum comentário: