domingo, 5 de dezembro de 2010

Corinthians não perde a esperança do título


Ronaldo volta hoje ao time do Corinthians
 O Corinthians se manteve vivo na disputa até a última rodada. O time oscilou na competição, assumiu e perdeu a primeira colocação algumas vezes e chega ao momento de definição do Brasileiro em segundo lugar, um ponto atrás do líder Fluminense. Sem depender apenas de suas forças, o Timão precisa vencer hoje o time reserva do Goiás, a partir das 17h (de Brasília), em Goiânia, e torcer por um empate ou uma derrota do Tricolor.
Os jogadores do Alvinegro mantém a confiança. “Acho que não tem nada definido. Podemos vencer neste domingo e o Fluminense também pode empatar com o Guarani. Temos que fazer a nossa parte; depois, vamos ver o que acontece”, comentou o meio-campista Jucilei.
O técnico Tite deve contar com a força máxima nesta tarde. Ronaldo se recuperou de uma lesão na coxa, treinou nos últimos dias e deve formar o ataque com Dentinho. Depois de cumprir suspensão diante do Vasco, Elias volta à equipe no lugar de Danilo e deve jogar no meio-campo com Jucilei, Ralf e Bruno César. Na defesa, Tive deve confirmar Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos, com Julio César sendo escalado no gol.
O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, joga toda a responsabilidade do título nas costas do Fluminense. “Ficou muito difícil. Não adianta ficar falando isso ou aquilo nessa reta final. Pau que dá em Chico, dá em Francisco. Ninguém pode reclamar que São Paulo e Palmeiras não jogaram motivados contra o Fluminense porque o Corinthians foi o culpado por não chegar à última rodada dependendo apenas de suas forças”, declarou o dirigente.

A ordem é manter o foco
Tropeço em casa contra o Ceará atrapalhou muito o Timão

Tite pediu aos jogadores que não percam a concentração no Serra Dourada. “Quando cheguei ao Internacional, senti uma chateação muito grande por parte dos profissionais. Em 2005, eles jogaram com o Coritiba achando que o Goiás não fosse vencer o Corinthians. Mas o Goiás ganhou, e o Inter perdeu e ficou sem o título. Isso serve de exemplo para nós agora”, lembrou o treinador, que também reconheceu ser difícil não pensar na partida do Rio. “É claro que, no fundo, não vamos ficar à margem do jogo do Fluminense. A torcida acaba nos informando”, emendou.
O Goiás está disputando a decisão da Sul-Americana, contra o Independiente, e vai mandar a campo hoje a equipe reserva. O técnico Arthur Neto teme que os titulares se machuquem e não fiquem à disposição para o confronto final, marcado para quarta-feira, na Argentina. Na primeira partida do mata-mata, o Goiás, já rebaixado no Brasileirão, venceu por 2 x 0 e abriu boa vantagem na competição internacional.
Alagoano - Em baixa no elenco do Goiás, o alagoano Jadílson deve ser o jogador mais experiente do time esmeraldino na partida de hoje. Aos 33 anos, o ex-atleta do CRB deve se transferir para outro clube em 2011.

Nenhum comentário: