terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Inter treme e está fora da final do Mundial

Mazembe venceu o Inter por 2 x 0 e está na decisão do Mundial
O Inter foi vítima hoje de um mal que atacou grandes clubes brasileiros neste final de ano: o nervosismo. O Colorado desta tarde parecia com o trio de ferro que lutou pelo título nacional até a última rodada. Fluminense e Cruzeiro tiveram grandes dificuldades para bater, respectivamente, o rebaixado Guarani e o sub-20 do Palmeiras; já o Corinthians não saiu de um empate com os reservas do Goiás. A perna pesou e a bola ferveu nos pés dos atletas. No primeiro jogo do Inter no Mundial, infelizmente, o time tremeu. Tomou um gol do Mazembe aos 7 minutos da etapa final e perdeu completamente o rumo na partida, sofrendo ainda o segundo aos 40´. A derrota por 2 x 0 alijou o Colorado da disputa pelo título de melhor clube do Planeta e frustrou seus fanáticos torcedores. Não há como negar que este foi o maior fiasco de um time brasileiro desde o lançamento da nova fórmula do Mundial.

Complexo - Esse apagão que tomou conta do Inter na tarde de hoje também foi parecido com o registrado na partida entre Brasil e Holanda, na Copa da África. Os jogadores brasileiros perderam o rumo após uma falha do goleiro Julio César, que resultou no gol de empate, e acabaram sendo eliminados. A diferença é que o adversário da seleção era muito mais qualificado do que o apenas esforçado Mazembe. Nossos jogadores precisam, urgentemente, reaprender a controlar os nervos em partidas decisivas.

INTERNACIONAL: Renan, Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Mathias, Guiñazu, Tinga(Giuliano, 18'/2ºT) e D'Alessandro; Rafael Sobis(Oscar, 27'/2ºT) e Alecsandro(Leandro Damião, 17'/2ºT). Técnico: Celso Roth.

MAZEMBE: Kidiaba, Nkulukuta, Kimwaki, Ekanga e Kasusula; Mihayo, Bedi, Kasongo e Kaluyituka; Singuluma e Kabamgu(Kanda, 39'/2ºT). Técnico: Lmine N'Diaye.

Gols: Kabangu, 7'/2ºT (0-1); Kaluyituka, 40'/2ºT (0-2).

Credito da foto: Vipcomm

Nenhum comentário: