sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Marta pede renovação no futebol feminino

Marta está preocupada com a seleção brasileira
 Depois de conquistar o quinto troféu de melhor jogadora do mundo, a alagoana Marta demonstrou preocupação com o trabalho de renovação do futebol feminino. De acordo com ela, é difícil para uma garota investir numa modalidade que não lhe dá nenhuma garantia. No Brasil, pouquíssimas jogadoras podem se sustentar apenas com os ganhos da modalidade e essa dificuldade atrapalha a seleção brasileira. A alagoana não esconde de ninguém que seus objetivos na carreira são os títulos olímpico e da Copa do Mundo, mas sabe que os problemas estruturais do futebol feminino no País afastam-na desse objetivo.
“Já fizemos muito pela modalidade com o destaque que nossa seleção conquistou, mas é um caminho difícil. Não dá para cobrar muito de meninas que precisam ter outras profissões para sobreviver”, declarou a alagoana, que voltou ao Santos, mas deve confirmar nos próximos dias qual será sua nova equipe nos Estados Unidos. O FC Gold Pride, clube da Califórnia que Marta defendeu no ano passado, encerrou suas atividades e agora ela negocia com outro time para voltar à Liga Norte-Americana.

Nenhum comentário: