segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Pela quinta vez, Marta é a melhor do mundo

Marta está jogando no Santos
A alagoana Marta conquistou pela quinta vez o troféu de melhor jogadora do mundo, em cerimônia realizada hoje em Zurique, na Suíça. Aos 24 anos, a jogadora do Santos derrotou as alemãs Fatmire Bajramaj e Birgit Prinz e, mais uma vez, se emocionou no momento de receber o prêmio da Fifa.
“Alguém me disse que eu tinha que chorar. Estou aqui chorando outra vez. Esse ano foi muito especial. Consegui muitas conquistas com as minhas equipes. Fui nomeada embaixadora da ONU e quero agradecer à minha família. Sem meus amigos não conseguiria essa vitória. Agradeço a Deus e só quero saúde”, discursou a alagoana.
Em 2010, Marta conquistou o título sul-americano com a seleção brasileira, marcando nove gols em sete partidas e sendo a grande destaque da disputa. Ela também levantou o troféu da Liga Norte-Americana, ficando com a artilharia, com 19 gols, e conquistando também o prêmio de melhor jogadora da competição.
Marta é natural de Dois Riachos e deu seus primeiros passos no futebol no CSA de sua cidade. A jogadora foi projetada pelo Vasco, do Rio, e, depois de passagens marcantes pelas divisões de base da seleção, fechou contrato com o Umea IK, da Suécia, onde apresentou seu vistoso futebol aos europeus. Em 2009, a Camisa 10 entrou na Liga Norte-Americana, defendendo o Los Angeles Sol, e, no ano passado, acertou com o FC Gold Pride. Recentemente, ela fechou com o Santos.

Imbatível - Marta ampliou seu reinado no futebol feminino. Ela foi indicada ao prêmio de melhor do mundo da Fifa sete vezes e levou o troféu em cinco oportunidades (2006, 2007, 2008, 2009 e 2010). Ela é a maior vencedora da história da honraria. No futebol feminino, quem chegou mais perto da alagoana foi Birgit Prinz, com três conquistas.

Meta - A Camisa 10 disse que persegue agora conquistas coletivas. “Estou realizada individualmente, mas ainda quero a medalha de ouro nas Olimpíadas e o título mundial de futebol feminino. Neste ano, vamos ter a chance de colocar a seleção brasileira no topo do mundo, já que vamos disputar a Copa da Alemanha”, declarou.

Nenhum comentário: