quinta-feira, 24 de março de 2011

Os dez técnicos mais longevos da elite do futebol nacional

O técnico Mauro Fernandes está no América-MG desde fevereiro do ano passado

O técnico Mauro Fernandes é o único profissional dos times da Primeira Divisão do Brasileiro que se mantém no emprego há mais de um ano.  Ele assumiu o América-MG no dia 18 de fevereiro de 2010 e participou de toda a campanha do Coelho na Série B do ano passado. Cuca é o segundo mais longevo da elite nacional. Depois de deixar o Fluminense, ele assumiu o Cruzeiro no dia 14 de julho, no mesmo dia em que Celso Roth iniciou o trabalho no Inter/RS. 
Em quarto lugar aparece Luiz Felipe Scolari, que começou a treinar o Palmeiras no dia 18 de julho. Na seqüência, a lista tem René Simões, do Atlético-GO (inicia 14/08/2010), Renato Gaúcho, do Grêmio (15/08/2010), Dilmas Filgueiras, do Ceará (12/09/2010), Dorival Júnior, do Atlético-MG (26/09/2010), Paulo César Carpegiani, do São Paulo (06/10/201), e Vanderlei Luxemburgo, do Flamengo (7/10/2010). Esses profissionais formam o grupo dos dez técnicos que estão há mais tempo nos times da Primeira Divisão. Não precisamos nem fazer análises mais detalhadas para avaliarmos o quanto o mercado é instável para os técnicos. Os últimos a deixarem seus clubes foram Muricy Ramalho, do Fluminense, e Joel Santana do Botafogo. Abel Braga e Caio Jr., respectivamente, são os substitutos.
No Rio, aliás, o único clube grande que continua com o treinador que iniciou o trabalho de pré-temporada é o Flamengo. O Vasco trocou PC Gusmão por Ricardo Gomes no dia 6 de fevereiro.

Nenhum comentário: