segunda-feira, 28 de março de 2011

Seleção enfrentou o adversário ideal

Neymar marcou os dois gols da seleção no jogo contra a Escócia
A seleção brasileira fez ontem uma partida burocrática contra a Escócia, um adversário fraquíssimo do ponto de vista ofensivo. Neymar desequilibrou, marcou dois gols, mas o time teve dificuldades de evolução. André Santos não foi à linha de fundo e Neymar não sabe abastecer o centroavante. Dessa forma, Leandro Damião precisou se desdobrar para mostrar serviço. Na armação, ficou claro que Jadson não pode ser o camisa 10. Lucas (do São Paulo) melhorou muito a performance do time quando entrou no segundo tempo. A zaga, formada por Lúcio e Thiago Silva, não foi avaliada porque, simplesmente, a bola chegou apenas duas vezes, sem perigo.  Esse jogo foi ideal para a seleção se recuperar das derrotas para Argentina e França. O adversário não poderia ser mais apropriado para o momento.

Próximo jogo - A seleção volta a jogar no dia 4 de junho, contra a Holanda, em Goiânia. O time já deve contar com o retorno de Ganso nessa partida.

Nenhum comentário: