sábado, 2 de abril de 2011

CSA bate CRB, detona escrita e escapa da degola

CSA marcou o gol da vitória aos 45 minutos do segundo tempo
Com um gol aos 45 minutos do segundo tempo, o CSA venceu hoje à tarde o CRB, por 1 x 0, no Rei Pele, e escapou do rebaixamento. A partida foi dramática na segunda etapa, com as duas equipes criando muitas chances de gol. O empate derrubaria o Azulão para a Segunda Divisão, já que Santa Rita e CSE ficaram no 0 x 0, em Palmeira, e isso aumentou a tensão nos minutos finais.
O autor do gol salvador foi o atacante Washington, que entrou no segundo tempo no lugar de Josuel e aproveitou uma bobeira da defesa regatiana para bater cruzado de dentro da área. O CSA não vencia seu maior rival há quatro e o resultado, além de quebrar a escrita, coroou o trabalho do técnico Lino. Ele voltou ao clube há quatro rodadas, conquistou dez pontos e salvou o CSA de um rebaixamento quase certo.

Bobeada fatal – Aos 27 minutos do segundo tempo, após uma jogada pela esquerda, a zaga do CSA furou e a bola sobrou livre para o atacante Luiz André dentro da pequena área. Desatento, o atacante se atrapalhou e praticamente recuou para o goleiro Anderson Paraíba. Esse lance também foi decisivo para a história do clássico.
Após o jogo, o técnico Lino foi carregado por jogadores e torcedores do CSA
CRB – Juliano; Cacá, Ítalo, Júnior e Rafinha; Edson, Jonathan, Daniel e Danilo (Adriano Santos); Fernando Sá e Luiz André (Alisson). Técnico: Joãozinho Paulista.

CSA – Anderson; Josuel (Washington), Duda, Fábio Lima e Rafael; Dinho, Levi, Dio e Adriano Silva (Anderson Canhoto); Tico Mineiro e Fagner (Alisson). Técnico: Lino.

 

 
 Marco Antônio foi atingido por uma pedra atirada por integrante da Comando
Repórter fotográfico é
mais uma vítima das organizadas

A nota triste do clássico entre CSA e CRB foi a terrível falha na segurança após a partida. A polícia "permitiu" que integrantes da Torcida Organizada Mancha Azul pulassem para o gramado e iniciassem uma batalha campal no  Rei Pelé. Os torcedores foram provocar os integrantes da Organizada Comando Alvirrubro e utilizaram pedras e paus como armas. Uma das pedras atingiu o rosto do fotógrafo de O Jornal Marco Antônio, que sofreu um ferimento abaixo do olho, mas foi atendido pelo corpo médico que estava no estádio e, felizmente, foi liberado. As organizadas continuaram fazendo estragos no estádio, jogando  cadeiras no gramado e queimando faixas. No lado de fora, as torcidas também entraram em confronto e  atacaram policiais.

Santa Rita foi rebaixado em Palmeira

Ao fim da rodada, o Santa Rita foi rebaixado e fará companhia ao Ipanema, que já havia caído há três rodadas. Também nesta tarde, o ASA bateu o Murici fora de casa, por 1 x 0, e engatou sua oitava vitória seguida no Turnão. O Alvinegro já havia conquistado a fase desde a semana passada e apenas ratificou sua excelente fase. O segundo colocado foi o Coruripe, que venceu hoje o Ipanema por 3 x 0, em Coruripe. O Murici foi o terceiro do Turnão, seguido pelo Corinthians-AL, que apenas empatou com o Sport-AL por 2 x 2, em Atalaia. Nas semifinais da segunda fase, o ASA vai enfrentar o Corinthians-AL e o Coruripe pega o Murici. As partidas vão ser disputadas a partir de quarta-feira no sistema mata-mata. Se conquistar também a segunda etapa do Estadual, o ASA ficará com o titulo estadual por antecipação.

Classificação final do Turnão


Pos.Time   PG  J     V    D E  GP  GC SG
1ASA42181440361422
2Coruripe37181251311615
3Murici36181143301515
4Corinthians3218106231229
5Sport23187923336-3
6CRB21186932328-5
7CSE20185852228-6
8CSA191861112027-7
9Santa Rita18184862230-8
10Ipanema71831411637-31


Semifinais

Ida

06-04 - 15h15 - Corinthians-AL x ASA
06-04- 15h15 - Murici x Coruripe

Volta

09-04 - ASA x Corinthians-AL
10-04 - Coruripe x Murici

Crédito das fotos: Ailton Cruz

Nenhum comentário: