domingo, 24 de abril de 2011

Hexa ainda é luxo para o Náutico

Sport pode conquistar seu sexto título pernambucano seguido nesta temporada
Uma frase faz parte do imaginário do torcedor pernambucano desde 1968. De tão repetida pelos torcedores alvirrubros, ela se transformou numa obsessão para o rivais históricos do Náutico. As palavras em questão, quando juntas, são lidas da seguinte forma: “Hexa é luxo”.
A frase ganhou força nesta temporada. Inimigo íntimo do Timbu, o Sport pode acabar com a hegemonia vermelha e conquistar o tão esperado hexa neste ano. Para isso, mexeu até com as forças do além. Pagou uma dívida com um pai de santo, contratou jogadores por atacado, tentou recuperar o ânimo da torcida e, na base da pancada, chegou às semifinais do Estadual. Hoje, o adversário do Leão, às 16h, na Ilha do Retiro, é justamente o Náutico, e não é preciso conhecer futebol para saber que Recife vai parar nesta tarde. Até o Galo da Madrugada está pensando em decretar a antecipação do Carnaval para fazer a festa ao lado dos torcedores na arquibancada. Dizem no Recife que seu coração não é vermelho, rubro-negro ou tricolor. Sua essência é festiva e, por isso, ele dançar o frevo em pleno Domingo de Páscoa.
O Timbu se classificou com sobras no grande turno. Por isso, tem a vantagem de decidir a vaga na final, no próximo domingo, nos Aflitos. O Sport perdeu o clássico na semana passada, mas avisa que estava apenas reconhecendo o terreno. Agora, é a vera. “A gente tem a consciência de que é um campeonato diferente por ter o hexa envolvido. Todos estão cientes”, declarou o zagueiro Everton Luís, um dos destaques do Náutico.
Para o lateral Wellington Saci, a torcida rubro-negra pode fazer a diferença no mata-mata: “Não tem nem o que falar dessa torcida. Só temos que dar os parabéns para ela. Mesmo quando tivemos um início ruim, eles nos apoiaram. Agora, pode ter certeza, nós vamos corresponder a esse apoio”, garantiu o jogador rubro-negro.
Além do duelo de gigantes, o domingão esportivo reserva outra partida importante para o Pernambucano. Em Caruaru, o Porto recebe o Santa Cruz na outra semifinal. O jogo também está marcado para as 16h e a expectativa é de que a fanática torcida coral lote o Estádio Luiz Lacerda.

Nenhum comentário: