segunda-feira, 4 de abril de 2011

Kalil ataca Zezé e Andrés e desdenha da Liga Nacional

Kalil disse que a ideia da Liga Nacional não se sustenta
O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil soltou o verbo hoje durante entrevista coletiva contra os presidentes de Corinthians e Cruzeiro e desdenhou da possibilidade de ser criada uma Liga Nacional no País. Para o dirigente, o projeto serve apenas para atender interesses pessoais de Andrés Sanchez e Zezé Perrella. “Isso não vai dar certo. Na hora que eles apanharem como apanharam na eleição do Clube dos 13 vão explodir também a Liga, igual fizeram agora. A solução é fazer a Liga e botar o Andrés de presidente e o Zezé de vice, e dar um mandato eterno para eles, para não ter problema de estourar a Liga e a gente ter prejuízo de novo . Esse negócio de Liga,  depois do que eles fizeram aí, está totalmente desmoralizado”, atacou o dirigente, que foi o primeiro a se pronunciar a favor de um leilão pelos direitos de transmissão do Brasileiro (2012 a 2014) e desafiou o poder da TV Globo.

Dispensas -Kalil também falou sobre a dispensa dos meio-campistas Ricardinho e Zé Luis. Segundo o dirigente, os jogadores saíram por causa de um pedido do técnico do Atlético, Dorival Júnior, que os considerava líderes negativos dentro do elenco. “O Vanderlei pediu a saída do Ricardinho e do Zé Luís e depois voltou atrás. O Celso também fez o mesmo pedido, no caso apenas do Ricardinho, e ele sabe disso”, declarou o dirigente.

Nenhum comentário: