quarta-feira, 4 de maio de 2011

Circo da Fórmula 1 volta à Europa

O almeão Sebastian Vettel lidera o Mundial de Fórmula 1 desta temporada
O Mundial de fórmula 1 chegou à Europa. A prova da Turquia, marcada para domingo, às 9h, abre a nova fase da competição. A prova da China, vencida pelo inglês Lewis Hamilton, foi, sem dúvida, uma das mais disputadas dos últimos anos.
As novidades da temporada ajudaram a compor o novo cenário do espetáculo. O kers e asa traseira móvel surgiram como o botão turbo do videogame e aumentaram o poder de ultrapassagem dos carros. Mas o grande diferencial da competição ainda é pneu. A diferença entre os compostos mais novos e os mais desgastados e entre os lisos e duros está sendo fundamental para a imprevisibilidade das provas. Até a Red Bull não assusta tanto. A McLaren demonstrou que, dependendo de uma boa estratégia, pode bater o favorito Sebastian Vettel e incendiar a disputa do Mundial.
Para animar o circo, a Ferrari precisa reagir. Os carros vermelhos têm dificuldades para chegar ao pódio porque ainda enfrentam graves problemas relativos à pressão aerodinâmica. O projeto de 2011 foi tão conservador quanto o do ano passado, e a equipe italiana está comendo poeira de RBR e McLaren. Na China, levou um banho até da Mercedes.
Depois de uma pequena parada no Mundial, Alonso e Massa esperam que o projeto tenha evoluído e comece a apresentar resultados na temporada europeia. Por enquanto, Vettel segue soberano na ponta do campeonato. Com 68 pontos, o piloto alemão tem 21 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o inglês Lewis Hamilton. Com 38 pontos, Jenson Button, também da McLaren, mantém um ponto de diferença para o australiano Mark Webber, que fez uma corrida espetacular na China e mostrou à Red Bull que pode ser muito útil na temporada.

Nenhum comentário: