domingo, 1 de maio de 2011

Palmeiras e Corinthians duelam na semifinal do Paulista

Kleber é um dos astros do clássico desta tarde no Pacaembu

A semifinal do Paulistão vai atiçar a rivalidade entre dois gigantes do futebol brasileiro. Hoje, a partir das 16h, no Pacaembu, Palmeiras e Corinthians duelam num jogo eliminatório que vale vaga na grande decisão contra o Santos, que bateu ontem o São Paulo por 2 x 0, gols de Elano e Ganso.. A partida foi cercada de muita polêmica. Houve barulho sobre arbitragem - já que Paulo César Oliveira não era aceito, a princípio pelo Verdão -, mando de campo e muitos palmeirenses se irritaram com a diretoria por ter confirmado o clássico para o Estádio Paulo Machado de Carvalho, tradicional casa do Timão.
Brigas à parte, o Corinthians já está praticamente escalado para a partida. A única preocupação do técnico Tite é o atacante Dentinho, poupado em alguns treinos da semana por estar gripado. Se não tiver condições de jogar, William deve ser confirmado no ataque ao lado de Liedson.
“Para mim, é indiferente. Dentinho e Willian são grandes jogadores, que já provaram o seu valor no clube. Eu me sinto bem à vontade para jogar com um ou com outro”, comentou Liedson.

Verdão confia no seu poder de marcação

O Palmeiras aposta na força de sua defesa, a melhor do Estadual, com apenas nove gols sofridos em 20 jogos disputados, e na qualidade de seus astros, Valdivia e Kleber, para chegar à final. Nesta tarde, o meia Patrick pode voltar à equipe no lugar de Tinga, o que aumenta a velocidade do Verdão e seu poder de marcação.
“O Patrik corre muito, ataca, defende, nós não precisamos orientá-lo. No caso do Tinga, temos de alertá-lo bastante principalmente na questão da recomposição na defesa”, compara o volante Marcos Assunção, um dos líderes do grupo.

Regras – A semifinal do Paulistão é disputada em jogo único. Se houver empate no tempo normal, a vaga na final será decidida nos pênaltis.

Números - Corinthians e Palmeiras já se enfrentaram 315 vezes, com 120 vitórias do Verdão e 115 do Timão. O clássico ainda terminou empatado 100 vezes ao longo da história. O Alvinegro marcou 448 gols e sofreu 489. O goleador do “Derby” é Cláudio, do Timão, que balançou as redes do rival oito vezes. (V.M)

Palmeiras - Deola; Cicinho, Thiago Heleno, Danilo e Rivaldo; Marcos Assunção, Márcio Araújo, Tinga e Valdívia; Luan e Kleber. Técnico: Felipão.

Corinthians- Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Bruno César e Jorge Henrique; Dentinho e Liedson. Técnico: Tite.

Nenhum comentário: