terça-feira, 21 de junho de 2011

Números são perversos com o ASA na Série B

O ASA tem graves problemas nas suas extremidades. A defesa é a mais vazada da Série B, com 13 gols, e o ataque também é o menos positivo da competição, com quatro gols marcados. Os números explicam a péssima campanha do Alvinegro até aqui. Em seis partidas, foram quatro derrotas, um empate e uma vitória. Com quatro pontos, o time alagoano só não é pior que o Duque de Caxias, que soma apenas dois.
Já escrevi sobre os males que afligem a torcida alvinegra. Os mais evidentes são o sistema defensivo e o ataque. A zaga melhorou um pouco na semana passada. Sofreu apenas dois gols em dois jogos, média até aceitável, mas foram eles que determinaram as derrotas porque também faltou competência ofensiva ao time. Após o revés de sexta-feira, contra o Barueri, o goleiro Tutti cobrou pontaria dos homens de frente. “Pra nós tudo é difícil, as oportunidades são raras. O time deles teve uma oportunidade e marcou, enquanto nós tivemos chances e não fizemos o gol”.
Falta ao ASA o pé que balance a rede. O time cria as oportunidades, mas tem um péssimo aproveitamento. Sexta, o atacante Vitinha, por exemplo, poderia ter se consagrado, mas falhou no arremate e deixou a massa enfurecida.
Muito preocupada, a diretoria vai tentar convocar o décimo segundo jogador para iniciar uma reação. Sábado, o ingresso para o jogo contra o Vila Nova deve custar R$ 1,00 para os funcionários públicos. Cobrando um valor simbólico, a direção vai tentar, pela primeira vez nesta Segundona, fazer do Municipal um caldeirão preto e branco. Como os resultados não empolgam, a promoção é uma boa alternativa para animar os alvinegros. Na pressão, quem sabe algum santo não ajuda. Só espero que, em breve, não tenhamos que nos valer com o das causas impossíveis.

É esse! -Ricardo Jesus está em grande fase na Ponte Preta. Sábado, ele marcou os dois gols da Macaca na vitória sobre o lanterna Duque de Caxias. Ricardo é o artilheiro da Série B, com sete gols marcados em seis jogos.

Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão

Pé torto - Os jogadores do CRB precisam colocar o pé na forma. Em duas partidas contra a seleção de Passo do Camaragibe, o Galo perdeu dois pênaltis. Marinho e Geovane foram os responsáveis pelos erros.

Não gostei - O técnico Flávio Lopes não gostou da atuação do CRB no amistoso de sábado, contra a seleção de Passo. Mesmo atuando diante de um time amador, o Galo apenas empatou por 1 x 1. Marinho, para o time alvirrubro, abriu o placar e Paulinho, de pênalti, empatou.

Olho neles - Adversário do CRB na Terceirona, o América-RN fez um amistoso no último domingo contra o Santa Cruz, no Recife, e se deu mal. O Diabo foi goleado por 3 x 0 pelo atual campeão pernambucano, que se prepara para o Brasileiro da Série D. Os gols foram marcados por Thiago Mathias, Kiros e Flávio Caça-Rato.

Time adversário -O América-RN é comandado pelo técnico Francisco Diá e jogou com: Silvio; Fábio Sanches, Rodrigão (Fernando) e Luizão; Alex (Rafinha), Dudu Araxá (Paulinho), Val (Eliezer), Ivan González (Norberto) e Marcel; Andre Neles (Leo Mineiro) e Mazinho (Deivison).