quinta-feira, 9 de junho de 2011

O grito do Gigante da Colina

Vasco perdeu para o Coritiba, mas conquistou o título da Copa do Brasil

O Vasco entrou para o seleto grupo dos campeões da Copa do Brasil. A conquista de ontem também marca a recuperação de um dos gigantes do futebol nacional. O time cruzmaltino caiu para a Segunda Divisão, voltou à elite sem fazer alarde e, depois de muito sofrimento, reconquistou seu espaço no futebol brasileiro.
O Vasco entra na galeria dos 14 campeões da competição nacional e ratifica a força do Rio de Janeiro. Depois de ver São Paulo dominar o cenário na última década, os cariocas voltam a ganhar terreno. Nos últimos três anos, Flamengo, Fluminense e Vasco conquistaram três títulos nacionais. Os paulistas, por sua vez, veem o Santos como força emergente. Depois do domínio do São Paulo, o Peixe conquistou a Copa do Brasil do ano passado e, nesta temporada, pode arrebatar a Libertadores.
Na história da Copa do Brasil, o Vasco soma um título, um vice-campeonato (em 2006), e seis semifinais. Os maiores vencedores da competição, criada pela CBF em 1989, continuam sendo o Grêmio e Cruzeiro, com quatro conquistas.
A campanha do Vasco neste ano foi marcada por cinco vitórias, cinco empates e uma derrota. Quarta-feira, a força do ataque foi fundamental para o título. A taça foi para São Januário por causa dos gols marcados por Alecsandro e Eder Luiz na casa do adversário. Valente, o Coritiba valorizou a jornada cruzmaltina. Foi grande o equilíbrio na final, decidida apenas no detalhe do regulamento. Aos campeões, atesto que a euforia é justa e merece semanas de comemoração.


Nenhum comentário: