domingo, 3 de julho de 2011

Seleção de Marta duela hoje com a Noruega

Marta é a atração do Mundial feminino que está sendo disputado na Alemanha
A seleção feminina estreou com uma vitória magra no Mundial da Alemanha. Muito marcada na primeira partida, a alagoana Marta não brilhou no triunfo por 1 x 0, gol de Rosana. Hoje, às 13h, em Wolfsburg, o time do técnico Kleiton Lima enfrenta o segundo e talvez o mais difícil compromisso do Grupo D. A adversária é a Noruega, que também venceu a primeira partida da competição por 1 x 0, contra Guiné Equatorial, e tem na galeria o Mundial de 1995.
Após o jogo de quarta-feira, Marta disse que o resultado foi mais importante que o desempenho. "Foi difícil, a Austrália é muito bem preparada. Faltou pontaria na hora de finalizar, mas foi uma vitória importante", comentou a melhor jogadora do mundo.
O técnico da seleção quer o time mais solto na partida desta tarde. “Erramos muitas trocas de passes, mais de 20 durante a partida. A Austrália esperou a gente errar para jogar. No segundo tempo, nós nos organizamos melhor, mas temos que melhorar para o jogo contra a Noruega", disse. "Agora podemos jogar mais dentro da nossa característica, que é a ginga brasileira. No primeiro tempo, tentamos ser mais defensivos para não sermos surpreendidos. No segundo, trabalhamos mais com a bola e conseguimos chegar ao gol. Vamos evoluir já contra a Noruega", completou.
Autora de um golaço na estreia da seleção, Rosana foi eleita pela Fifa a craque do jogo entre Brasil e Austrália. Ela vibrou com a honraria. “Independentemente da posição em que eu jogue, vou buscar sempre ajudar a equipe. Fico muito feliz em ser reconhecida pelo meu trabalho. Eu recebi a bola da Cris (Cristiane) na pequena área e chutei. Não sabia se tinha sido gol ou não, só quando as meninas vieram me abraçar é que eu me dei conta de que tinha feito gol”, declarou.

Brasil - Andréia Suntaque, Daiane Rodrigues, Aline Pellegrino e Erika, Ester e Formiga (Francielle), Maurine e Fabiana, Marta, Cristiane e Rosana

Nenhum comentário: