quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Oscar se destaca no sub-20

Oscar está comandando a seleção brasileira sub-20 no Mundial da Colômbia
A seleção sub-20 se recuperou no Mundial da categoria. Depois de ter empatado com o Egito, por 1 x 1, na estreia, o Brasil fez uma boa partida contra a Áustria, na última segunda-feira, e venceu por 3 x 0.
O time evoluiu com a entrada do atacante Henrique, do São Paulo, e teve como destaque o meia Oscar, do Inter. Por enquanto, ele está sendo mais agudo do que o badalado Philippe Coutinho. Parado na Inter de Milão, o jogador ainda não entrou no ritmo da competição e seu talento só está aparecendo em lampejos.
O alagoano Willian José ficou muito preso à marcação até o segundo tempo da partida de ontem. Talvez sacudido pelo técnico Ney Franco, o centroavante do São Paulo recuou um pouco para ser acionado e, numa dessas tentativas, marcou o terceiro gol.
Antes, Henrique e Phillipe também deixaram suas marcas na rede austríaca e diminuíram a pressão em cima da seleção.
O setor mais forte da seleção é o meio-campo. Phillipe e Oscar são jogadores diferenciados, que podem mudar a prosa do jogo com apenas alguns toques. Além disso, o volante Casemiro, do São Paulo, é versátil e, como no clube, tem salvo-conduto do treinador para avançar em determinados momentos do jogo para abrir espaço em defesas consistentes.
A baixa na seleção foi o lateral-esquerdo Alex Sandro (Santos), que sofreu uma lesão muscular no jogo contra a Áustria, vai parar por seis semanas e foi cortado ontem do grupo. Amanhã, a seleção brasileira enfrentará o Panamá, às 22h, com a missão de vencer e garantir a primeira colocação do grupo. Hoje, o Brasil ganha do surpreendente Egito apenas no saldo de gols. Ambos têm quatro pontos e já estão garantidos na segunda fase.

Nenhum comentário: