quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Seleção mutante na Argentina

O técnico Mano Menezes vai fazer um trabalho de garimpagem no clássico contra a Argentina. Pela primeira vez desde o início de sua gestão na seleção brasileira, há pouco mais de um ano, ele fez uma lista com jogadores que só atuam no País. Chamou alguns jovens valores, caso do volante Casemiro, do São Paulo, e também deu oportunidade a jogadores mais rodados, caso do meio-campista Renato Abreu, do Flamengo. Mano continua fazendo testes dentro de seu sistema de jogo. Ele tenta encontrar a formação capaz de encaixar no 4-3-2-1, seu esquema definitivo. Agora, diante da Argentina, deve manter o sistema com novas peças. Na frente, deve escalar a formação que venceu o amistoso contra Gana: Ronaldinho, Neymar e Leandro Damião. Sem Ganso, deve, surpreendentemente, testar Renato Abreu. Os jovens Oscar, do Inter, e Lucas, do São Paulo, podem entrar no decorrer da partida.
Mano deve usar a experiência como patente na hora de distribuir as camisas do time titular. Assim, Jefferson deve ser o goleiro, Dedé vai ganhar uma vaga na zaga e o meio-campo deve ter Ralf e Paulinho na cabeça-de-área. Completando a defesa, ele pode apostar no jovem Danilo, do Santos, na lateral-direita; em Rever, do Atlético-MG, na zaga, e Kléber, do Inter, na lateral-esquerda. Com um time mesclado por jovens valores e jogadores mais experientes, ele pretende vencer o primeiro clássico e conquistar a tranqüilidade para trabalhar até o fim desta temporada.

Argentina  - O time da Argentina estará mais desfigurado que o do Brasil. A base titular de lá tem mais jogadores que atuam na Europa e, sem eles, um novo time está sendo formado. Atual campeão argentino, o Velez tem sete jogadores nessa seleção e seu entrosamento é arma dos hermanos no clássico de hoje.

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu posso verdadeiramente dizer que eu nunca li tanta informação útil sobre Blogger: Blog do Victor Mélo - Postar um comentario. Quero expressar minha gratidão ao webmaster do www.blogdovictormelo.com.br.

Márcia BH disse...

Anônimo,
moro em BH. Há muito acompanho o blog do Victor e só posso endossar suas palavras. Poucas vezes em minha vida, tanto quanto pessoa, como profissional do Jornalismo, vi um blog tão bem trabalhado. Lisura, simplicidade, transparência na informação, além de imparcialidade. Quero registrar meus Parabéns a ele pela sua competência. São de profissionais assim que o mercado precisa.