domingo, 25 de setembro de 2011

Vettel pulveriza os adversários na Fórmula 1

Vettel não teve dificuldades para vencer em Cingapura
A Fórmula 1 continua a mesma: Vettel venceu em Cingapura, Massa ficou entre os últimos do primeiro pelotão e Rubinho segue sem pontuar. A novidade no grid, Bruno Senna, teve dificuldades na prova de hoje. O brasileiro não conhecia bem o circuito e ficou apenas em décimo quinto.
A incrível superioridade de Sebastian Vettel tirou a emoção do Mundial. Com a vitória desta manhã, o alemão precisa de apenas um ponto no Japão (o décimo lugar) para conquistar o bicampeonato. Foram nove vitórias na temporada com um carro que ainda está muito acima dos demais. Alonso e Hamilton tentaram acompanhá-lo, mas chegaram à conclusão que a luta seria inglória e tiraram o pé.
Massa terminou hoje em nono e continua inerte na F-1. O brasileiro nunca mais foi o mesmo desde o acidente na Hungria. Parece que perdeu alguns segundos em reflexo e receios. Quando não faz uma prova razoável, acaba se envolvendo em acidentes e perde posições na corrida.
Senna não tem mais a euforia das primeiras provas e agora sabe quanto é difícil entrar no Mundial depois da metade da temporada. Tudo é novo para ele e é normal que apanhe do carro. Barrichello é um caso perdido. Com a Willians em frangalhos, deve até comemorar o décimo terceiro lugar desta manhã com a famigerada sambadinha.

A próxima - O GP do Japão está marcado para o dia 9 de outubro e deve definir o Mundial. Além dessa corrida, o campeonato ainda tem mais quatro provas na temporada.

RESULTADO DO GRANDE PRÊMIO DE CINGAPURA

1º - Sebastian Vettel (ALE) Red Bull-Renault - 61 voltas
2º - Jenson Button (GBR) McLaren-Mercedes - a 1s7
3º - Mark Webber (AUS) Red Bull-Renault - a 29s2
4º - Lewis Hamilton (GBR) McLaren-Mercedes - a 55s4
5º - Fernando Alonso (ESP) Ferrari - a 1m07s7
6º - Paul di Resta (GBR) Force India-Mercedes - a 1m51s0
7º - Nico Rosberg (ALE) Mercedes - a uma volta
8º - Adrian Sutil (ALE) Force India-Mercedes - a uma volta
9º - Felipe Massa (BRA) Ferrari - a uma volta
10º - Sergio Perez (MEX) Sauber-Ferrari - a uma volta
11º - Pastor Maldonado (VEN) Williams-Cosworth - a uma volta
12º - Sebastien Buemi (SUI) Toro Rosso-Ferrari - a uma volta
13º - Rubens Barrichello (BRA) Williams-Cosworth - a uma volta
14º - Kamui Kobayashi (JAP) Sauber-Ferrari - a duas voltas
15º - Bruno Senna (BRA) Renault - a duas voltas
16º - Heikki Kovalainen (FIN) Lotus-Renault - a duas voltas
17º - Vitaly Petrov (RUS) Renault - a duas voltas
18º - Jerome d'Ambrosio (BEL) Marussia Virgin-Cosworth - a duas voltas
19º - Daniel Ricciardo (AUS) HRT-Cosworth - a quatro voltas
20º - Vitantonio Liuzzi (ITA) HRT-Cosworth - a quatro voltas
21º - Jaime Alguersuari (ESP) Toro Rosso-Ferrari - a cinco voltas

ABANDONOS

Jarno Trulli (ITA) Lotus-Renault - a 14 voltas/motor
Michael Schumacher (ALE) Mercedes - a 33 voltas/colisão
Timo Glock (ALE) Marussia Virgin-Cosworth - a 52 voltas/colisão

VOLTA MAIS RÁPIDA

Jenson Button (GBR) McLaren-Mercedes - 1m48s454, na 54a
.

2 comentários:

Anônimo disse...

Bom post sobre Blogger: Blog do Victor Mélo - Postar um comentario. Estou muito impressionado com o tempo eo esforço que você pôs em escrever esta história . Vou dar- lhe um link no meu blog de ​​mídia social. Tudo de bom!

Anônimo disse...

Привет всем!
Можите посоветывать нормальное казино ?
Задрали лохотроны...