quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Goleiro do América-MG vai se aposentar no CSA

Goleiro Flávio está defendendo o América na Série A
O Campeonato Alagoano de 2012 vai ser marcado pela nostalgia. A geração de ouro do Estado na última década está ensaiando a despedida do futebol e começa a voltar às origens. No dia de sua posse, o presidente do CSA, Jorge VI, confirmou o goleiro Flávio como primeiro grande reforço para a próxima temporada.
O arqueiro, de 40 anos, hoje é reserva do América-MG na Primeira Divisão e garante estar bem fisicamente para reforçar o clube que o projetou. O meia Adriano Gabiru segue o mesmo caminho e também deve fechar nos próximos dias com o CSA.
No CRB, Aloísio Chulapa conquistou a confiança da torcida. Autor de gols fundamentais nos últimos jogos do Galo, ele pode se consagrar com a camisa vermelha se o time subir. No próximo ano, o centroavante também pretende se aposentar com pompa e circunstância. Além de Chulapa, Júnior Amorim prepara sua despedida. Ele ainda negocia seu retorno ao clube, mas, se não for contratado para o Estadual, pretende promover um grande evento antes de pendurar as chuteiras. “Estou entrando em contato com pessoas influentes para fazer uma festa marcante, fato que nunca aconteceu na despedida de atletas no futebol alagoano. Até a Rainha Marta, que é minha amiga, pode participar desse evento. Vou trabalhar em silêncio e, na hora certa, informarei aos torcedores”, declarou Amorim.

Cadu - A vantagem de a CBF ter adiado o jogo do CRB para quarta-feira é que o atacante Cadu terá mais tempo para se recuperar da contratura. Na próxima semana, certamente, ele já estará à disposição da comissão técnica.

Parceria - Aloísio Chulapa dedicou a vitoria sobre o Paysandu justamente ao atacante Cadu. Muito se falou que um não gostava do outro por causa da briga por posição, mas Chulapa se encarregou de encerrar o assunto. Ninguém dedica uma vitória a um companheiro por falsidade.


Chuva de liminares - Estou muito preocupado com a série de problemas nos bastidores que envolvem a Terceira Divisão do Brasileiro. A chuva de liminares deixa o futuro da competição incerto e tem afligido os torcedores do CRB, que está muito próximo de voltar à Série B.

CSA - A falta de energia na região do Mutange deixou preocupados os dirigentes do CSA. Eles temiam que o problema atrapalhasse a eleição no clube e até se cogitava reeleger Jorge VI a luz de velas. Felizmente, não foi preciso.

Nenhum comentário: