sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O maior erro de Mano

Aos 33 anos, o zagueiro Lúcio dificilmente estará em forma na Copa de 14
O principal erro do técnico Mano Menezes é aumentar muito sua lista de observações. Os principais treinadores do País acham que o técnico ampliou demais o loque e que vai precisar focar num grupo menor já a partir da próxima temporada. Muitos atletas desconhecidos estão sendo chamados e pouco acrescentam ao trabalho para a Copa de 2014. O filtro de Mano precisa ser menor.

Balanço - Em 2011, o Brasil fez 14 jogos, vencendo nove, empatando cinco e perdendo dois. A seleção fecha o ano sem ter feito nenhuma atuação convincente. O primeiro semestre, quando os adversários foram bem mais fortes, foi muito pior que o segundo.

Subindo - A Inglaterra, que fez uma boa apresentação no amistoso com a Espanha no último sábado e venceu os campeões do mundo por 1 x 0, em Wembley, com gol de Barry. Depois, na terça, os ingleses bateram a Suécia pelo mesmo placar.

Descendo - A própria Espanha, que, além de ter sido derrotada para a Inglaterra, ficou num empate por 2 x 2 com a Costa Rica na última terça-feira. O técnico Vicente Del Bosque ainda procura um homem de referência na área. Torres ainda não correspondeu.

O próximo - A seleção brasileira só volta a jogar em fevereiro do próximo ano, provavelmente contra o Egito, no Cairo. Depois, Mano direciona o foco para as Olimpíadas de Londres.

Eliminatórias - A Argentina recuperou-se do empate com a Bolívia em casa. Terça, com gols de Messi e Aguero, a seleção venceu a Colômbia, fora de casa, por 2 x 1, e assumiu a vice-liderança das Eliminatórias. O Uruguai é o líder.

Nenhum comentário: