segunda-feira, 14 de novembro de 2011

O mapa da mina para fugir do rebaixamento na Série B

O ASA vence o Duque de Caxias no último sábado por 2 x 0 e saiu do Z-4
O ASA mirou no que viu e acertou o que não viu. O Icasa era o inimigo declarado, mas quem tirou, pelo menos nessa rodada, o Alvinegro da zona de degola foi o São Caetano. Jogando em casa, o time alagoano cumpriu a missão de vencer o lanterna Duque de Caxias, por 2 x 0, e chegou aos 45 pontos. Se estivesse na Série A, provavelmente, esse número representaria a salvação do rebaixamento. Nesta Segundona, como até comentei em outras colunas, a linha de corte é alta.
O São Caetano empatou em casa com o Náutico, por 0 x 0, e tem a mesma pontuação do ASA, perdendo apenas no número de vitórias (12 x 10). O Icasa, que venceu na última sexta-feira o Salgueiro por 1 x 0, no Ceará, tem 46 e continua ameaçado, assim como Guarani, também com 46, e o Barueri, com 47.
O São Caetano tem dois jogos a cumprir (Vitória, fora, e Criciúma, em casa) e, se for derrotado duas vezes, estará rebaixado. O ASA, amigos, pode escapar até na próxima rodada. Basta torcer por uma derrota dos paulistas contra o Vitória, na Bahia, e vencer o Bragantino fora de casa. Os adversários dos dois ameaçados lutam cabeça a cabeça por uma vaga na Primeira Divisão e não vão ser batidos facilmente. Haverá muita resistência. Hoje, o Bragantino está em quarto lugar, um ponto atrás da Ponte Preta e um à frente dos baianos.
O adversário do próximo sábado é favorito no confronto, mas, se quiserem escapar da degola, os jogadores do ASA precisam multiplicar suas forças. Ao menos, o clube paulista não é conhecido pela força de sua torcida.

Guarani -O Guarani tirou um coelho da cartola ao bater o São Caetano, por 2 x 1, mas voltou a subir no cadafalso após as derrotas para o Icasa, por 1 x 0, e o Paraná, por 3 x 0. Com 46 pontos, o Bugre ainda pode cair, mas tem uma tabela menos complicada que a do ASA. Na sequência, pega o Salgueiro, fora, e o Goiás, em Campinas.

Barueri - O também ameaçado Barueri, 47 pontos, não deve ter grandes dificuldades para escapar da queda. O time enfrenta sábado o já desinteressado Criciúma, em Santa Catarina, e fecha a participação na Segundona diante do rebaixado Salgueiro, em casa.

Icasa - O Icasa, com 46, também tem um caminho menos complicado que o do ASA. Os cearenses visitam o desinteressado Goiás e enfrentam a já campeã Portuguesa na última rodada. Apesar de os jogos serem menos difíceis, não custa nada secar.

Crédito da foto: Click Arapiraca

Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão

Nenhum comentário: