domingo, 4 de dezembro de 2011

Hoje sai o campeão brasileiro

Não haverá mais disputa após a rodada desta tarde. Depois de passarem quase todo o Campeonato Brasileiro num duelo parelho pelo título, Corinthians e Vasco decidem hoje quem será o novo campeão nacional. Entre eles, destacam-se ainda dois velhos rivais, que têm objetivos bem distintos a cumprir.
O Timão encara o Palmeiras, às 17h (de Brasília), no Pacaembu. O Alvinegro precisa de um simples empate para beijar a taça, mas sabe que a missão do velho adversário é acabar com a sua festa.
O Palmeiras já está garantido na Copa Sul-Americana e também não corre riscos de rebaixamento. Assim, a ordem no Palestra é destruir os sonhos corintianos. Polêmico, o técnico do Verdão, Luiz Felipe Scolari, disse durante a última semana que, independentemente do jogo no Pacaembu, o Timão vai ser campeão brasileiro. “Mas não por causa do Palmeiras. Não acredito que o Vasco vença o Flamengo na sua última partida”, declarou.
No Corinthians, o técnico Tite disse estar preparado para perder, mas continua muito confiante no título. “Temos que estar prontos para todas as situações do futebol. Agora, temos uma boa condição para conquistar a taça porque dependemos apenas de nossos resultados”, comentou.
O Timão tem dois desfalques importantes para o clássico de hoje. Suspensos, o meio-campista Ralf, o meia Danilo e o atacante Emerson devem ser substituídos, respectivamente, por Wallace, Alex e Jorge  Henrique. O Palmeiras só não conta com o goleiro Marcos, lesionado.

CENÁRIO - Mesmo sendo derrotado pelo Palmeiras, o Corinthians será campeão desde que o Vasco não vença o Flamengo. 
Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão

Vasco e Flamengo jogam por objetivos distintos

O Vasco tenta fechar o ano com dois títulos nacionais. Campeão da Copa do Brasil, o time manteve a pegada no Campeonato Brasileiro e segue vivo na luta pelo penta. Domingo, venceu o Fluminense por 2 x 1, com gol aos 45 minutos do segundo tempo, e suspendeu a festa do Corinthians. Hoje, enfrenta o inimigo Flamengo, às 17h (de Brasília), no Engenhão.
O maior adversário do clube ainda é o desgaste. O Vasco atacou em duas frentes nas últimas semanas, o Nacional e a Sul-Americana, e os jogadores já apresentam sinais de cansaço. O meia Felipe, por exemplo, sentiu dores musculares após o clássico de domingo com o Flu e foi poupado da partida de quarta-feira, diante do Universidad de Chile, em Santiago.
O técnico Cristovão Borges tem três problemas para escalar a equipe. Os meio-campistas Juninho e Alan estão suspensos, assim como o atacante reserva Leandro. Por isso, o treinador vai precisar mexer no setor de criação da equipe. A tendência é que Felipe Bastos, Rômulo, Diego Souza e Felipe sejam escalados. Na frente, Bernardo e Elton devem ser confimados.
O Flamengo luta para garantir vaga na Taça Libertadores. Com 60 pontos, o time precisa de um simples empate para chegar à fase preliminar da competição e de uma vitória e uma derrota do Fluminense para entrar na fase de grupos. Se perder, pode ser ultrapassado por São Paulo, Figueirense, Inter e Coritiba, que têm 57. O volante Airton chegou a ser dúvida para o duelo, mas treinou na última quarta-feira e deve ser confirmado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo.

CHANCES - O Vasco só conquista o título brasileiro se vencer o Flamengo e o Corinthians for derrotado pelo Palmeiras.

A disputa parelha por duas vagas na Libertadores

A briga pelas duas vagas restantes na Libertadores também vai apimentar a 38ª rodada do Brasileirão. Flamengo, Coritiba, Inter, Figueirense, São Paulo e Botafogo têm chances de entrar na competição continental. O Fluminense já garantiu seu lugar, mas precisa de um ponto no clássico com o Botafogo para chegar à fase de grupos.
O Tricolor e o Glorioso jogam hoje à tarde, às 17h (de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O Flu não tem desfalques e também entra em campo motivado pela chance de o atacante Fred ser o artilheiro do Nacional. Com 21 gols, ele tem apenas dois de desvantagem para o goleador Borges, do Santos.
Já o Glorioso perdeu para o clássico o atacante Herrera e o meio-campista Everton, suspensos. Para garantir vaga na Libertadores, o Botafogo precisa vencer o Flu e torcer para que Coritiba, Inter, Figueirense e São Paulo não vençam seus jogos.
O Coritiba depende apenas de suas forças para conquistar a classificação. Se vencer hoje o Atlético-PR, às 17h, na Arena da Baixada, confirma a vaga e ainda rebaixa o maior rival. A única dúvida do Coxa é o meio-campista Leandro Donizetti, entregue ao Departamento Médico.
No outro clássico da rodada, o São Paulo precisa bater os reservas do Santos e torcer por tropeços de Inter, Coritiba e Figueirense. A baixa no Tricolor é o atacante Rivaldo, suspenso.
Já o Figueira vai enfrentar o Avaí, na Ressacada, precisando vencer e torcer por um tropeço do Coritiba ou uma derrota do Flamengo. Nesta tarde, o time de Jorginho não conta com Rhayner e Túlio.
Já o Inter encara o Grêmio, às 17h, no Beira-Rio, com a obrigação de vencer e secar Flamengo e Coritiba. O Tricolor Gaúcho tenta acabar com os planos do rival sem o volante Adilson e possivelmente Fábio Rochemback, que se recupera de lesão. No Colorado, Bolívar, suspenso, deve ser substituído por Índio, autor de seis gols na história dos Grenais.

Atlético-MG tenta rebaixar o rival Cruzeiro 

Um dos clássicos mais explosivos da rodada deve ser Cruzeiro x Atlético-MG. A Raposa necessita da vitória para escapar do rebaixamento e vai encarar o seu rival histórico, às 17h, em Sete Lagoas. Para complicar a tarefa, o técnico Vagner Mancini não vai contar com o goleiro Fábio, o meia Montillo e o meio-campista Marquinhos Paraná, todos suspensos. O Galo, que também tenta se manter na zona da Sul-Americana, só perdeu o atacante Neto Berola, que também vai cumprir a automática nesta tarde.
Se for derrotado pelo Atlético, o Cruzeiro ainda pode escapar da degola. Para isso, precisa torcer para que o Ceará e o Atlético-PR não vençam, respectivamente, o Bahia, em Salvador, e o Coritiba, na Arena da Baixada.

POLÊMICA - A diretoria do Bahia fez votos no site oficial do clube de que o Ceará se mantenha na Série B e irritou os cruzeirenses. O meia Roger, por exemplo, insinuou que o Tricolor vai abrir o jogo em Salvador. Técnico do Bahia, Joel Santana avisa que seu time ainda luta por vaga na Sul-Americana e vai com o que tem de melhor para o jogo. As baixas no Tricolor são Diones, Ricardinho, Dodô e Fahel. Já o Ceará não conta com Fernando Henrique, Eusébio, Daniel Marques e Thiago Humberto. Outro time que luta para não cair, o Atlético-PR só não conta hoje com Gustavo Lazaretti.

SUL-AMERICANA -Três clubes disputam duas vagas na Sul-Americana. Com 45 pontos, os Atléticos Mineiro e Goianiense dependem de um simples empate para acabar com as chances do Bahia, que precisa vencer e torcer por derrota de um dos adversários.
Em Goiás, O Atlético-GO recebe o já rebaixado América, às 17h, no Serra Dourada. As baixas no Dragão são Joílson e Vitor Júnior.

Nenhum comentário: