domingo, 4 de dezembro de 2011

Na despedida de Sócrates, Timão conquista o penta

Jogadores do Corinthians prestam a última homenagem ao Dr. Sócrates
O Brasileirão 2011 terminou com final feliz para o Corinthians. O Timão empatou por 0 x 0 no clássico com o Palmeiras, no Pacaembu, e, com inteira justiça, conquistou o seu quinto título nacional. Em 38 jogos, o campeão venceu 21 vezes, empatou oito e perdeu nove, fechando a competição com 62% de aproveitamento.
A jornada alvinegra é encerrada com uma reverência ao Dr. Sócrates. Um dos melhores jogadores do País e do Corinthians, ele foi vencido nesta madrugada pela doença que havia se acostumado em seu corpo. Sócrates deixa um legado de grandes conquistas dentro e fora de campo e ensina aos alienados que um desportista também pode ser engajado nas batalhas políticas. Ainda na condição de jogador, ele foi um dos artífices do movimento artístico a favor das Diretas, na década de 80. Sem dúvida, esse brasileiro ajudou o País a mudar sua história com palavras e gols.

Força defensiva – O Corinthians consolidou sua campanha na sua qualidade defensiva. Nos momentos mais difíceis do campeonato, a retaguarda multiplicou suas forças e colocou ferrolho no gol. Não foi à toa que o time teve a defesa menos vazada do campeonato, com apenas 36 gols sofridos em 38 rodadas. A conquista alvinegra demonstra que, nos pontos corridos, dificilmente um time que não tenha um sistema forte de marcação vai beijar a taça no final.

Menção honrosa – Vice-campeão brasileiro, o Vasco também merece destaque por sua luta, sua dedicação. Hoje, o time empatou por 1 x 1 com o rival Flamengo, mas, mesmo após a expulsão de Jumar, continuou atacando o adversário e criando chances de gol. A entrega cruzmaltina foi uma das marcas do futebol brasileiro.

Libertadores – Com o fim do Brasileirão, foi definida uma Libertadores cascuda para 2012. Só grandes clubes nacionais garantiram vaga na competição continental. Entram já na fase de grupos Corinthians, Vasco, Santos e Fluminense. Para a Pré-Libertadores, conquistaram vaga o Flamengo e o Inter, que venceu hoje o rival Grêmio, no Beira-Rio, por 1 x 0, gol de D´Alessandro.

Artilheiro – Fred bem que tentou, mas foi o atacante Borges, do Santos, o artilheiro do Brasileirão 2011. Ele fecha a competição com 23 gols, contra 22 do goleador do Fluminense.

Rebaixados – América-MG, Avaí, Ceará e Atlético-PR estão rebaixados para a Segundona. O Furacão venceu o Coritiba na Baixada, por 1 x 0, mas caiu porque o Cruzeiro atropelou o rival Atlético-MG, por 6 x 1, em Sete Lagoas, e garantiu a permanência.

Subiram – No próximo ano, Náutico, Sport, Ponte Preta e Portuguesa vão ser os novos integrantes da Primeira Divisão da Série A.

Série C – Pela Terceira Divisão do Brasileiro, o Joinville goleou ontem o CRB por 4 x 0, em Santa Catarina, e conquistou a taça da competição. Os dois clubes, além de América-RN e Ipatinga estão garantidos na Série B do Nacional.

Crédito da foto: Eduardo Viana (Lancenet)

Nenhum comentário: