sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Celso fala sobre a pressão que sofre no CSA

Celso Teixeira ganhou força após a vitória sobre o Coruripe
 O técnico Celso Teixeira ficou mais tranqüilo após a vitória por 2 x 0 sobre o Coruripe, na última quarta-feira, mas sabe que a pressão vai voltar em caso de tropeço amanhã, às 15h, diante do Sport-AL, em Atalaia, pela quinta rodada do Campeonato Alagoano.
“É preciso ter calma e um bom ambiente para fazer um bom trabalho. Futebol é complicado e não é com um toque de mágica que vamos resolver todos os problemas do time. Temos que avaliar a equipe com o decorrer dos jogos, observar se há peças que não estão se encaixando e tentar corrigir os erros. Um trabalho só pode ser analisado quando ele tem começo, meio e fim. Nosso objetivo inicial é colocar o CSA no Campeonato Brasileiro da Série D e, se possível, brigar pelo título. Após o campeonato, vamos observar se estas metas foram ou não cumpridas”, declarou, hoje (27), o treinador, durante entrevista no Estádio do Mutange.
Celso fez questão de lembrar que tem total apoio do grupo e até chamou o meia Claudinho para dar seu testemunho. “Esses boatos sobre a saída de sicrano e beltrano servem apenas para desestabilizar o grupo. Se o jogador não sabe se o treinador vai ficar, ele entra em campo mais inseguro e isso compromete a atuação”, emendou Celso.
Apesar de não ter confirmado a equipe para o jogo contra o Sport, o treinador fez muitos elogios ao atacante Paulinho Marília e deu a entender que vai escalar o jogador ao lado de Edson Di no ataque. Autor de dois gols na partida de quarta-feira, contra o Coruripe, o centroavante Roni deve ficar como opção no banco de reservas.

Crédito da foto: Divulgação/CSA

Nenhum comentário: