quinta-feira, 5 de abril de 2012

ASA abre vantagem contra o Coritiba

ASA e Coritiba jogaram nesta quarta-feira em Arapiraca
O ASA detonou o Coritiba em Arapiraca. Jogando nesta quarta-feira (04) com o apoio de sua torcida, o Alvinegro se encheu de brios e bateu o Coxa por 1 x 0, gol do artilheiro Lúcio Maranhão. O time alagoano vai jogar pelo empate na partida de volta do mata-mata, marcada para quarta-feira (11), às 19h30, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba.

A partida

Invicto em Arapiraca neste ano, o ASA iniciou o jogo impondo o seu ritmo contra o Coritiba. Na base da correria, o time de Arapiraca surpreendeu o tradicional adversário, que talvez esperasse um pouco mais de respeito.
A blitz surtiu efeito e, no primeiro ataque perigoso, o Alvinegro abriu o placar aos 8 minutos. O lateral-esquerdo Augusto arrancou pela esquerda e acertou um cruzamento perfeito na cabeça de Lúcio Maranhão. Definidor pela própria natureza, o centroavante escapou da marcação, testou com força e marcou o seu 19º gol na temporada.
O ASA manteve o ritmo e adiantou as suas linhas, dificultando o trabalho dos homens de criação do adversário, Lincoln e Tcheco. Mas o líder do Returno do Campeonato Paranaense tem suas qualidades e Anderson Aquino quase empata aos 12´. A bola foi levantada na área e, se não fosse a intervenção de Tutti, o atacante cabecearia livre.
O Alvinegro também arriscava de longe, principalmente com Didira, e se esforçava para evitar que os homens de frente do Coxa fossem municiados. A partir dos 20 minutos, o ASA diminuiu o ritmo e viu o adversário crescer em campo.
Com mais volume, o Coritiba passou a rondar a área de Tutti e criou duas chances de gol. Aos 22, o zagueiro Demerson fez um gol, mas o bandeira assinalou impedimento e acabou com a comemoração dos paranaenses. Aos 33´, o meia Tcheco colocou veneno na bola e quase marcou após a cobrança de uma falta.
Preocupado com o meia Didira, o técnico do Coxa, Marcelo Oliveira, sacou o armador Tcheco e apostou em Júnior Urso. Com a substituição, ele também quis dar mais liberdade para Lincoln
A alteração fez efeito no Coritiba, que ganhou o meio-campo no inicio da etapa final e obrigou o ASA a se entrincheirar na defesa. Lincoln quase empatou aos 3 minutos, depois de receber um passe de Anderson Aquino. A bola passou por Tuti assobiando e assustou a massa alvinegra.
Mas o ASA tinha Didira numa noite inspirada e também dava suas estocadas. Numa delas, o meia acionou Gabriel, que bateu forte e viu a bola acertar Júnior Urso. Aos 25´, Emerson tocou para Lincoln, que chutou de primeira e esperou o resultado: bem colocado, Tutti fez uma grande defesa.
O ASA estava mais cansado que o adversário na reta final da partida, mas, com muita determinação de seus jogadores, conseguiu segurar o Coritiba e garantiu uma vitória muito importante para o futebol alagoano.

Marca

O meia Didira comemorou 200 jogos nesta quarta-feira com a camisa do ASA e foi o grande destaque do Alvinegro, criando as jogadas e também voltando ao campo de defesa para fechar os espaços do Coritiba.
"Estamos numa maratona de jogos, mas, com raça, conquistamos esse resultado tão importante para o nosso ASA. Estou muito feliz pela vitória e por completar 200 partidas com essa camisa", declarou o meia.

FICHA TÉCNICA
ASA 1 x 0 Coritiba

Quando: Quarta-feira (04)
Onde: Estádio Coaracy da Mata Fonseca, Arapiraca
Competição: Copa do Brasil
Árbitro: Guilherme Ceretta (CBF-SP)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa-SP) e Adson Leal (CBF-BA)
Gol: Lúcio Maranhão (ASA)
Público pagante: 4.057 torcedores
Renda: R$ 38.715,00

ASA- Tutti; Fabiano, Audálio e Edson Veneno (André Nunes); Gabriel, Cal, Jorginho (Thiago Gaúcho), Didira, Valdivia (Alan) e Augusto; Lúcio Maranhão. Técnico: Heriberto da Cunha.

CORITIBA: Vanderlei; Jonas, Demerson, Emerson e Eltinho; Willian, Gil, Tcheco (Júnior Urso) e Lincoln; Roberto (Rafael Silva) e Anderson Aquino (Caio Vinicius). Técnico: Marcelo Oliveira.


Crédito da foto: Click Arapiraca


Nenhum comentário: