quarta-feira, 16 de maio de 2012

Falcão não bate recorde de gols em Maceió

Falcão completou 200 jogos com a camisa da seleção
Casa cheia em Maceió para o amistoso da seleção brasileira de futsal. Jogando na noite desta terça-feira (15) no Ginásio do Sesi, o Brasil teve como grande atração o astro Falcão e não encontrou dificuldades para golear a Costa Rica por 5 x 2.

Em busca do recorde de gols juntando todas as seleções de futebol, o ala entrou em quadra pressionado e não deixou a sua marca na rede de Koby. Ele perdeu uma chance clara logo nos primeiros minutos. No contra-ataque, a Costa Rica surpreendeu ao marcar com Erick, aos 5´17´. O jogador driblou o goleiro Djony com muita habilidade e apenas tocou para o gol vazio.

Falcão foi para o banco de reservas, a torcida protestou, mas a seleção chegou ao empate aos 9´45´´. Após boa trama do ataque, Dieguinho tirou do goleiro com apenas um toque e fez a festa da massa: 1 x 1.

Falcão entrou outra vez em quadra e fez as jogadas de efeito habituais em seu repertório. Olhou para um lado e deu um passe para outro, tocou de letra, mas o gol não vinha. Apesar da pressão em cima do astro, o Brasil era muito mais time e chegou ao desempate aos 13´52’’, com um arremate preciso de Jé.

A seleção manteve o ritmo e chegou ao terceiro aos 18´10´´. Pixote recebeu de frente para o gol e chutou com força, estufando a rede de Koby. Aos 19´50’’, Neto recebeu a bola perto da linha de fundo, fez uma jogada individual de efeito e, mesmo sem ângulo, marcou o quarto da seleção, faltando um segundo para o
término da primeira etapa.

Etapa final
O segundo tempo começou com uma caneta fantástica de Falcão. Os efeitos que o craque dava na bola arrancava os aplausos mais fortes da torcida. A Costa Rica chegava ao ataque com Paniagua. O camisa 7 acertou dois chutes colocados, obrigando Djony a fazer grandes intervenções.

A bola de Falcão também insistia em não entrar. Ele recebeu livre perto da área e arrematou rasteiro, Wallace, que substituía Koby, fez uma excelente defesa com os pés.

A Costa Rica fez um gol muito bonito com o camisa 12 Diego. Aos 10 minutos, o jogador arrancou num contra-ataque e, de frente com Djony, fez que iria bater com a perna interna do pé e tocou com a parte externa: 4 x 2. Ele comemorou efusivamente e irritou a massa.

Na sequêcia, Jé fez uma bela jogada e marcou o quinto gol da seleção. Falcão fez jogadas de efeito até o fim do jogo, empolgou a massa, mas não marcou o esperado gol numero 337. Fica para a próxima.
Ficha técnica

Brasil 5 x 2 Costa Rica
Quando: nesta terça (15/05)
Onde:Ginásio do SESI, em Maceió
Arbitro 1:Michel Jean Bonnaud - BRA
Arbitro 2:Alexandre Campos - MG
Anotador:José Fernandes da Silva Júnior - AL
Cronometrista:Paulo Victor de Souza Oliveira - AL

Brasil
Iniciaram: 01Djony; 11Jé, 13Gadeia, 14Rodrigo e 12Falcão
Entraram: 04Neto, 06Thiaguinho, 07Pixote e 09Dieguinho
Técnico: Marcos Sorato.

Costa Rica

Iniciaram: 06Koby; 07Paniagua, 12Diego, 05Cubillo e 18Álvaro
Entraram: 23Wallace; 04Molina, 03Erick, 10Yefrid, 11Carrera. Técnico: Surgey

Nenhum comentário: